João Daniel respondeu: “Não somos favelados. Somos trabalhadores rurais e produzimos riquezas.”

0
96

Aracaju/SE – O líder do MST em Sergipe, Deputado Federal João Daniel, não ficou calado diante da frase do Jornalista Luiz Eduardo Costa que disse dos assentamentos do MST estarem se transformando em favelas. Não foi feliz, na análise massificadora da maioria.

A repercussão da fala de Luiz Eduardo Costa foi tão negativa que, por várias, ele tentou justificar a colocação via emissora de rádio e até hoje não conseguiu. Em pese ser um grande estudioso sobre o assunto, homem de conhecimento e membro da Academia Sergipana de Letras, poderia ter tido calma na narrativa, entretanto, pecou. “Qual será o posicionamento do MST diante disso?” Perguntaram vozes ansiosas por respostas dos líderes. Quem apostou que Daniel ficaria calado, passou batido.

Nessa sexta-feira, 30/11, João Daniel esteve na mesma emissora do ocorrido e em entrevista, fazendo o papel de liderança do MST, defensor dos assentado, respondeu com total equilíbrio e tranquilidade sem enveredar pela arrogância ou virulência. João Daniel afirmou, após longa análise sobre o momento: “Não somos favelados. Somos trabalhadores rurais e produzimos riquezas”. Foi uma grande resposta sem sair da linha ética, do campo das relações e respeito.

Por Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta