Nota de Repúdio

0
13

Em ato extremamente eleitoreiro, alguns meios de comunicação veicularam em diversas redes sociais e grupos de whatsapp, uma fake news indicando a suposta participação do Vereador Júnior de São Miguel, do Blogueiro Matheus Costa e de aliados do Prefeito Iokanaan Santana na manifestação realizada por um proprietário de estabelecimento comercial na Cidade de Propriá.

A fake news além de irresponsável, atenta contra a dignidade dos envolvidos e tem apenas o cunho eleitoreiro, com objetivo de vincular as imagens das pessoas supracitadas ao Prefeito Iokanaan, fazendo acreditar que durante o cortejo pelo falecimento do empresário José Paulo, mais conhecido como JP, os citados na fake news soltavam fogos e comemoravam, uma invencionice criminosa.

José Paulo sempre foi respeitado na Cidade e teve forte participação para alavancar o comércio local; querido pelos propriaenses, teve sua imagem maculada por parte de páginas e blogs irresponsáveis que tentam utilizar da políticagem eleitoreira para causar grave desconforto na comunidade local e aos familiares do saudoso JP. O desrespeito demonstrado por parte dessas páginas será apurado em processos judiciais que já estão sendo confeccionados.

Esclarecemos ainda que em momento algum dos vídeos que foram compartilhados nas redes sociais e grupos de whatsapp, o Vereador e o Blogueiro aparecem.
O proprietário do estabelecimento estava em momento de comemoração por ser uma data de grande relevância pessoal e o dito momento de celebração não tinha qualquer relação com as pessoas que são apontadas na fake news veiculada pela página do intagram “NOTÍCIAS DO BAIXO” (sem assinatura) e pelo “TRIBUNA DO VELHO CHICO” (Assinado por André Fontes).

Os fatos veiculados tem como alvo a propagação de fake news sensacionalista e eleitoreira, demonstrando desesperado por parte de quem está totalmente perdido no cenário político de Propriá, e que por esse motivo lançam mão de ações dessa natureza, mas informamos que as medidas judiciais serão adotadas imediatamente.

Ainda, cumpre esclarecer que as mensagens veiculadas por parte de Edeildo dos Santos (Edinho), são igualmente atentatórios, tendo como objetivo denegrir a imagem de pessoas que fazem parte da Gestão Municipal, contudo, pelo que se pode constatar, nenhum dos apontados nessa fake news “soltaram fogos”, e o mesmo terá que prestar esclarecimentos perante as autoridades judiciais.

Por fim, ressaltamos que a liberdade de expressão tem seus limites e que o atual ordenamento jurídico veda o anonimato e repreende atos caluniosos, difamatórios e injuriosos, que serão combatidos com veemência, amparados pelo rigor da lei.

Junior São Miguel
Vereador

Matheus Costa
Blogueiro

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta