Deusdélio Rodrigues: uma história de vida dedicada ao trabalho, família e Sergipe

0
40

Nossa Senhora do Socorro/SE – Existem pessoas que, ao passar nessa vida não passam simplesmente: deixam uma História de vida para ser contada.

O mecânico Deusdélio Rodrigues, mais conhecido como Neném da Violin, completou mais um ano de vida no mês de maio. Há mais de 40 anos Neném, também conhecido como Neném da Violin, desembarcava no Estado de Sergipe para gerenciar uma filial da renomada empresa Violin Transportes. Neném era então o mecânico-chefe cuja mecânica em Nossa Senhora do Socorro detinha grande volume de manutenção dos caminhões que circulavam na rota da BR-101 puxando diversos materiais para vários Estados. Nessa época, Neném era muito jovem e trabalho não era problema. A luta foi grande e ele fez um nome e uma marca que só o tempo poderá apagar.

Com o passar dos anos ele constitui família com a senhora Maria de Fátima e uma filha nasceu, Keila Rodrigues. Trabalhando com muito esforço, quase de domingo a domingo, a empresa sob a direção de Deusdélio Rodrigues deu oportunidade a diversos pais de família, oportunizou aprendizado para jovens que se tronaram mecânicos e hoje são profissionais reconhecidos. Com o fechamento da empresa em Sergipe, Neném continuou no Estado e montou sua empresa, a Mecânica Rodrigues. Continuou em Sergipe, o Estado que lhe acolheu como filho e que ele adotou como seu, porém, sem se esquecer de sua Terra natal, Minas Gerais.

Hoje com mais de 50 anos de idade, ainda jovem e com boa saúde, o velho e bom Neném Rodrigues colhe um pouco os bons frutos que plantou lá atrás no tempo. Tem neta, a Júlia, muitos amigos, continua simples de como começou a vida dura; não mudou os hábitos de uma vida dedicada ao trabalho, em fazer o bem e ao Estado de Sergipe gerando até hoje impostos e oportunidades de trabalho.

Hoje a direção da empresa é por conta de sua filha, Keila Rodrigues. Neném agora gosta de conversar causos, cantar um pouco, cozinhar, criar galinhas e passear, ao lado da companheira Maria de Fátima, a Sergipana que esteve ao seu lado desde o início em Sergipe, nos momentos difíceis e continuam seguindo. Deusdélio Rodrigues, o Neném da Vilolin ou o bom mineiro, é alguém que merece ser reconhecido.

Neném tem nome, História e fez uma marca.

Por Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta