Vereador Aelson Santos corta fala do vereador Marcos Graça que promete ir à Justiça procurar direitos

0
332

Propriá/SE – O vereador Marcos Graça deixou a Sessão Ordinária mostrando-se constrangido e irritado com o posicionamento do vereador José Aelson dos Santos que mandou cortar o microfone da fala do vereador. Marcos se retirou e disse que vai à Justiça procurar os direitos. Houve forte discussão acalorada entre ambos.

A situação se deu após vários questionamentos de Marcos Graça ao vereador José Aelson sobre o número de funcionários existentes na Câmara Municipal que não são do conhecimento dos vereadores e nem da população como sendo uma prestação de contas. Além de não ter respostas, Marcos teve a voz cortada por ordem do Presidente José Aelson.

A ocorrência aconteceu na noite de terça-feira, 10/jun., e repercutiu com diversos questionamentos e manifestações nas redes sociais, grupos de whatsapp onde populares procuram saber o motivo da voz do vereador Marcos Graça ter sido silenciada. Outro ato de Aelson que foi duramente criticado e reprovado, está sendo sobre a retirada do link que leva para o vídeo da Sessão no facebook. No ato da situação, vários cidadãos estavam acompanhando os trabalhos – às 3h48 ainda estava fora. A Sessão também é ouvida ao vivo por milhares de pessoas pela emissora PropriáFM que ficaram sem ouvir Marcos Graça.

“Foi um desrespeito para com a população que escuta os trabalhos da Câmara. Marcos Graça foi humilhado enquanto vereador e cidadão. Aelson deveria deixar Marcos Graça falar. Gostaria de saber por que ele – Aelson – calou a voz de Marcos e do que tem medo?”, disse um dos ouvintes irritado e reprovando o ato de Aelson. “Marcos e Aelson aparentemente tem bom relacionamento, mas agora estão distantes pelo fato de Marcos não apoiar Aelson em sua pré-candidatura para Prefeito”, disse um politico da cidade.

As páginas da Imprensa Propriá, pela ExtraPropriá, mantida por Jonathan e a página PropriáComoRealmenteÉ, mantida por Júnior Dantas, acompanhantes assíduos das Sessões que sempre publicam conteúdos dos trabalhos legislativos, comentaram também sobre o assunto.

Não é de agora que as discussões na Câmara Municipal ficam acaloradas. Por respeito, a Câmara Municipal deveria publicar uma Nota.

Por Adeval Marques
Fotos: Arquivo

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta