Paulo César, Renatinho e Iokanaan continuam juntos. Já Aelson fala por ele, disse Dr. Paulo César

0
182

Propriá/SE – O médico Dr. Paulo César confirmou que ele e o ex-prefeito Renatinho e Iokanaan continuam juntos em torno de um projeto político para Propriá e que Aelson também faz parte. Todos fizeram um acordo. Sobre o nome que será escolhido para disputar as eleições municipais como pré-candidato para Prefeito, será definido em pesquisa eleitoral como acordado entre eles. Continuou Dr. Paulo que nesse mesmo grupo também estava presente o vereador José Aelson, porém, após apresentar um novo posicionamento político, onde afirmou que sua pré-candidatura teria o apoio de Dr. Paulo César e Renatinho, fez com que Dr. Paulo, respeitosamente, se pronunciasse contrário a fala do vereador dizendo não proceder.

O que Dr. Paulo César deixou claro é que existiu um acordo entre os quatro: Iokanaan Santana, José Aelson, Paulo César e Renatinho para juntos formarem um grupo, que continua de pé, segundo informou ao radialista Patrício Lessa em entrevista nesta segunda-feira, 27. Esse quarteto, como assim chamou Dr. Paulo, parece não ter mais a participação de Aelson que afirmou não ficar onde Iokanaan estiver, nem o apoiar, caso a pesquisa mostre Iokanaan na melhor condição. Entretanto, contrariando o posicionamento de Aelson, Dr. Paulo afirmou que Renatinho o autorizou a dizer que o trato continua de pé – entre agora os três (?). Patrício Lessa, questionou, tanto para Dr. Paulo quanto para Aelson se o posicionamento de Aelson não teria sido precipitado. Dr. Paulo acha que sim, Aelson que não. A repercussão não foi boa.

Nesse sentido, o vereador Aelson em caso de não concordar com a união dos quatro, onde o Prefeito Iokanaan é parte, coloca por si só como uma peça fora do acerto, ou seja, não mais faz parte por decisão própria, uma vez que os demais se mantém juntos. Dr. Paulo diz que sua posição é que o quarteto continue junto e espera que no começo de maio uma reunião possa ser feita para tirar as arestas. Ele espera ainda que a divergência possa ser aniquilada em torno do projeto. “Até o momento sou pré-candidato, como também Aelson e Iokanaan” todos com apoio de Renatinho, disse Dr. Paulo que é filiado ao Avante.

Tentando mostrar e até influenciar a opinião pública, Aelson tem procurado utilizar com excesso o ponto de vista de que derrota o médio Dr. Valberto nas eleições vindouras. Esse plasmo foi usado em recente entrevista e até rechaçado. A precipitação e perífrase usada são conselheiras ruins na política, mas para isso Aelson responde que vai cuidar da vida, caso esteja fora da corrida política. O grupo não aceita imposição. Aelson aceita ser apoiado por Iokanaan mas não o apoia. Uma posição errada na estratégia de união.

Nesse mar revolto, entre choros e paixões que só a política sabe como provocar, Iokanaan continua mantendo o silêncio de sempre sem atacar, administrando o pior momento da história de Propriá na pandemia do coronavírus. Tomando decisões com cuidado que implicam na continuação ou não da vida humana. Queda de Receita, desemprego, fechamento de estabelecimentos comerciais, extrema pobreza gritante e latente, suspensão de contratos, pressão de classes da sociedade com participação de “forças ocultas” que ajudam a dificultar mais ainda o controle da pandemia no município, etc. A reeleição para Iokanaan é algo para mais adiante, como Dr. Paulo colocou tão bem ao achar que estava “tudo bem” e Aelson parece quebrar o acordo, que aliás é um direito dele.

Aelson não poderá reclamar amanhã de traição. É uma das melhores vozes da Câmara no discurso político, mas parece se perder quando a questão é voltada para o controle da ansiedade nesses tempos de união. Dr. Paulo foi firme, reiterou o posicionamento de Renatinho, Iokanaan continua administrando e Aelson insiste no discurso insólito.

Confira o vídeo-áudio:

Por Adeval Marques
Arte: PropriáNews

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta