PropriáNews acerta: vereador Heldes deixa PT e filia-se ao PSD

0
68

Propriá/SE – No cenário de disputa o PT perdeu um forte aliado em termos de agregação de votos. Como o site PropriáNews havia analisado ainda no ano de 2019, o vereador Heldes Guimarães sairia do PT. A confirmação foi obtida na sexta-feira, 03 de abril, porém, o próprio vereador fez questão de anunciar em entrevista concedida para emissora de rádio Xodó FM nesta segunda-feira, 06.

É certo que a sigla conta com alguns nomes bons que podem trazer votos, pode ser o caso de Renison Feliz e o Professor Glaedson, que são pré-candidatos ao cargo de vereador. Entretanto, mesmo continuando com o pensamento de disputa na eleição, o PT precisará ter “oxigênio”, ou seja, formar agrupamento e nesse vem recebendo um balde de água fria a cada passo. Como já previsto também e muito difundido na cidade, a pré-candidatura do advogado Márcio Dória não alavancará. “Tem alguma coisa errada. Essa filosofia de pregar o puritano não cola. Ninguém quer isso”, disse uma fonte.

A estratégia que o candidato do PT, o advogado Márcio Dória, vem preferindo apresentar parece ser a cópia dos moldes de Fernando Collor que, na década de 89, apareceu como o “Caçador de Marajás” no Estado de Alagoas quando foi candidato. Em Propriá o pré-candidato está fazendo o que muitos qualificam como o papel de “O Puritano da Política”. Ele deixou isso claro em recente entrevista. Internamente no agrupamento há quem se preocupe e muito e  o futuro pode ser o de juntar-se para não naufragar de vez o nome da sigla, assim os pré-candidatos à vereador estariam salvos e poderiam fazer um.

A vinda meteórica de Renatinho para o PT, e mais rápido ainda a sua saída para o PSD, sendo agora reforçada por Heldes é uma leitura que o partido precisa fazer de forma fria e se penalizar que na verdade faltou habilidade política ou excesso de ego justamente em uma das ciências mais usadas pela humanidade: a política.

Por Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta