Cuidados com os idosos são essenciais para evitar o contágio do coronavírus

0
37

Os relatórios da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde (MS), apontam que alguns grupos e faixas da população são mais suscetíveis ou vulneráveis à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Os idosos fazem parte desse grupo e, por isso, já preocupam familiares e cuidadores quanto os cuidados a serem adotados para evitar o contágio.

Embora as recomendações de prevenção sejam universais, ou seja, as mesmas para qualquer idade e condição de saúde, no Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), a enfermeira do Núcleo de Epidemiologia, Segurança do Paciente e Infecção Hospitalar (NESPIH), Elen Koga, ressaltou algumas recomendações direcionadas para pessoas acima de 60 anos.

“É importante que os idosos estejam com as vacinas em dia principalmente a da gripe, manter-se fisicamente ativo no limite da sua capacidade, lavar bem as mãos, reduzir as idas a hospitais para evitar contágio, controlar diabetes, hipertensão e outras doenças crônicas. Eles também devem evitar multidões, especialmente em lugares fechados. Para os cuidadores e familiares que costumam estar em contato com os idosos, vale ressaltar os cuidados com a higiene das mãos lavando-as com água e sabão, além de utilizar álcool 70% em gel várias vezes ao dia”, esclareceu a enfermeira.

Uma série de fatores colabora para que esse grupo seja mais afetado que a população em geral. O idoso vai a hospital com mais frequência ficando exposto a agentes infecciosos, além disso, os pulmões e mucosas tornam-se mais frágeis e vulneráveis a doenças virais, o sistema imunológico dos idosos costumam ser deficiente por causa da idade. É ideal também que a pessoa esteja com diabetes e doenças do coração controladas.

Foto: Valter Sobrinho ASCOM SES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta