MNSL atende três menores vítimas de violência sexual no fim de semana

0
10

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), unidade gerida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), tem um alto índice de atendimento anual e, semanalmente, seu balanço apresenta números expressivos em curto espaço de tempo. No período de 7 a 9, a maternidade contabilizou 129 atendimentos às usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), sendo 46 internamentos que resultaram em 36 partos e 83 pacientes que receberam alta  após avaliação ou foram liberadas para o pré-natal, é o que aponta a estatística do balanço da MNSL, divulgada nesta segunda-feira, 10.

Durante o final de semana, quatro pacientes foram transferidas para maternidade Santa Isabel, unidade com perfil de baixo risco. Além disso, foram realizados três atendimentos no Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual, informou a gerente de Admissão da MNSL, Adhara Shuamme.

Ela explicou que é importante que a vítima procure atendimento nas primeiras 72 horas. “Esse prazo conseguimos realizar medidas preventivas para evitar doenças sexualmente transmissíveis ou gravidez indesejada. Para isso damos a pílula do dia seguinte, o coquetel retroviral do HIV e das hepatites”, alertou Adhara.

Dados Violência

Em janeiro de 2020, foram contabilizados na MNSL, 87 atendimentos às vítimas de violência sexual, destes, 60 consultas médicas de retorno, 20 atendimentos a menor de idade e sete a maior de idade.

A MNSL conta com uma equipe multiprofissional e qualificada, composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e demais membros de apoio assistencial, que trabalham porta aberta, durante 24h, de domingo a domingo. A Unidade fica localizada na Avenida Tancredo Neves, 5.700, é a referência para as vítimas de violência sexual, tanto na capital quanto no resto do estado. O telefone de contato para o Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da MNSL é (79) 3225-8679.

SES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta