Nota: Prefeito de Canindé de São Francisco falta com a verdade

0
51

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Câmara Municipal de Canindé de São Francisco, neste ato através do seu Presidente WELDO MARIANO DE SOUZA, vem repudiar matéria jornalística não assinada que circula em alguns veículos de comunicação de Sergipe, inclusive neste espaço site Faxaju que detêm grande conceito perante seus leitores. Tal matéria não procede e o Prefeito falta com a verdade.

Na matéria intitulada de “PRESIDENTE DA CÂMARA BARRA CRÉDITO ESPECIAL DE R$ MILHÃO PARA PREFEITURA”, frisa que encaminhada para o Parlamento Municipal o Projeto de Lei nº 029/2020, que autoriza o Poder Executivo abrir Credito Adicional no valor de R$ 1.036.721,42 (um milhão, trinta e seis mil, setecentos e vinte e um reais e quarenta e dois centavos).

Afirmamos que, como a referida proposição legislativa foi encaminhada para Câmara Municipal do período de recesso do Poder Legislativo, sem o pedido de convocação, pelo Prefeito Municipal, de sessão extraordinária para apreciação da matéria. Uma vez que não houve o pedido e os vereadores estavam em gozo legislativo, o chefe do Parlamento Municipal, vereador Weldo Mariano de Souza, decidiu por aguardar o retorno das atividades legislativas para apresentação. Para tanto, é a tentativa de produzir uma informação sem procedente, típico da era das fakes news, que todos nós, sociedade e imprensa devemos combater.

A convocação de sessão extraordinária, segundo o Regimento Interno, cabe, também, ao Prefeito Municipal, vejamos:

Art. 17. No período de recesso legislativo a Câmara só poderá reunir-se em sessão extraordinária quando convocada:

I – pelo Prefeito

(…)

Reiteramos, como não houve, por parte do Prefeito Municipal, Senhor Ednaldo Vieira Barros, a convocação ou solicitação de sessão extraordinária, o que demonstra o seu desinteresse da apreciação da matéria no período de recesso, a proposição legislativa será tramitada quando do retorno das atividades legislativas.

Atribuir ao chefe do Parlamento Municipal culpa por inércia ou equívoco do Prefeito Municipal em encaminhar matéria para apreciação tempestivamente, é no mínimo desonesto e improbo, que se aplica a rotina na administração pública da Prefeitura Municipal.

O Presidente da Câmara Municipal de Canindé de São Francisco, Weldo Mariano, tomou posse como chefe do Parlamento Municipal em 01 de janeiro de 2019, e sempre colocou todas matérias para apreciação, não se furtando ao seu dever legal de capitanear o Poder Legislativo.

O conteúdo da matéria jornalística é por demais falacioso e desproporcional, publicado sem o crivo do contraditório, apenas propalado para satisfazer ao ego de um gestor municipal incipiente e antidemocrático, que aliás foi citado pelo MP, Cassado pela Câmara Municipal com provas robustas e entendimento da nossa briosa Justiça do Estado de Sergipe. O Prefeito Ednaldo Vieira Barros, o Ednaldo da Farmácia, deve explicações a sociedade.

Justo ressaltar que realmente houve uma convocação de sessão extraordinária, cujo objeto era apreciar pauta do Poder Legislativo, porém a referida sessão não ocorreu por falta de quórum, mesmo convocados tempestivamente os vereadores municipais.

Finalizo, informando aos cidadãos canindeenses que a Câmara Municipal composta por representantes do povo, não se furtará ao seu dever legal de apreciar as matérias propostas, como sempre o fez e que Canindé a verdade tem nome, assim como os desmandos, improbidades e agora fake news.

O Prefeito de Canindé de São Francisco, faltou com a verdade.

Assessoria de Comunicação
Weldo Mariano de Souza
Presidente da Câmara Municipal

Canindé de São Francisco, Sergipe, 03 de fevereiro de 2020.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta