Ensino superior a distância (EaD) já representa 26% da educação superior no País

0
18

Há previsão de crescimento do mercado para 51% até 2023

Os avanços da tecnologia alcançaram o setor da Educação e transformaram o cenário do ensino superior no país. Atualmente, os cursos de ensino a distância (EaD) representam 26% do total de alunos do país com previsão de crescimento do mercado para 51% até 2023. Especialistas apontam que a redução de vagas de programas como o FIES (Financiamento Estudantil do Governo Federal) faz a demanda por EAD crescer ainda mais, com a possibilidade de superar a oferta de cursos presenciais em alguns anos.

Um dos principais atrativos da modalidade é a flexibilidade. Uma pesquisa realizada por uma empresa desenvolvedora de conteúdo e tecnologia para EAD revelou que 61% dos estudantes consideram mais relevante o fato de poder estudar quando e onde quiser. Os dados revelaram ainda 41% dos alunos têm entre 31 e 40 anos e 87% trabalham fora.

A gerente Acadêmica da EAD da Universidade Tiradentes, professora Karen Sazaki, explica que a instituição avalia a aplicabilidade da Sagah, desenvolvedora de conteúdo, metodologia, serviços e tecnologia para  Instituições de Ensino Superior, em dois novos cursos disponibilizados pela Unit na modalidade EAD.

“A solução é adequada à qualidade do ensino aplicada pela Universidade Tiradentes aos cursos EAD.  O que motivou a Unit a terceirizar a produção de conteúdo com a Sagah foi a necessidade de encontrar parceiro editorial para o lançar novos cursos na modalidade EAD. A ideia nasceu a partir dos lançamentos dos cursos de Biomedicina (bacharelado) e Estética e Cosmética (superior de tecnologia)”, revelou.

Ela explica que os conteúdos são utilizados tanto para virtualizar os cursos de graduação, quanto para os encontros presenciais dos cursos a distância. Em função da avaliação feita nos seis meses de utilização da Sagah foi decidida a ampliação da utilização do seu conteúdo para os demais cursos de graduação a Distância e para as disciplinas online da graduação presencial.

“A iniciativa está respaldada na possibilidade de que o conteúdo oferecido aos alunos possa sempre estar atualizado e função da capacidade de atualização constante e sobretudo, pelo potencial de inovação acadêmica que será disponibilizada aos alunos da instituição. Os benefícios são advindos dos objetos mais interativos com iniciativas de realidade aumentada, bem como a facilidade de utilização em diferentes dispositivos móveis uma vez que o ambiente virtual é facilmente acessado pelo aluno em diferentes periféricos. A previsão é de que cerca de 30 mil alunos, entre graduação a distância e presencial da Unit se utilizem da Sagah em 2020”, finalizou.

Por Amália Roeder

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta