Filha e genro do vice-governador de Alagoas são presos em operação da PF

0
73

Lívia Barbosa e Pedro Silva foram detidos na Ponta Verde, segundo informações da Globo News

A filha do vice-governador de Alagoas, Lívia Barbosa, e o genro dele, Pedro Silva, foram presos, durante a operação Florence Dama da Lâmpada, deflagrada na manhã desta quarta-feira (11), pela Polícia Federal (PF), Controladoria Geral da União (CGU) e Ministério Público Federal (MPF).

A informação foi divulgada pela repórter da TV Gazeta Heliana Gonçalves, na programação ao vivo da Globo News, com base em confirmação feita junto à Superintendência da Polícia Federal em Brasília.

Lívia Barbosa foi presa em cumprimento de mandado de prisão preventiva (sem prazo fixo de restrição de liberdade). Já Pedro Silva tinha em seu desfavor mandado de prisão temporária (cinco dias, podendo ser prorrogado por igual período).

Os dois, de acordo com a divulgação feita por Heliana Gonçalves, foram presos no bairro da Ponta Verde. Ainda não se sabe qual o tipo de ligação deles com o esquema apontado pela PF que teria desviado R$ 30 milhões nos últimos anos na prestação de serviços de Órtese, Prótese e Materiais Especiais (OPME) no estado de Alagoas.

FORÇA-TAREFA

Nesta manhã, estão sendo cumpridos 32 mandados de busca e apreensão, nove de prisão preventiva e sete de prisão temporária em Maceió e no município de Arapiraca, no Agreste alagoano. Os policiais estiveram no Hospital Geral do Estado (HGE) e na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), recolhendo documentos em malotes.

A investigação iniciada em maio apontou que valores desviados beneficiaram uma entidade sem fins lucrativos. Pesquisas realizadas pela CGU demonstraram que os valores repassados a esta entidade investigada correspondem a mais de 1/3 do montante de recursos do Sistema Único de Saúde (SUS), aplicados no estado de Alagoas, no exercício de 2018, em procedimentos de OPME.

Gazetaweb

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta