Vereadora Zizi analisa impacto do fechamento do Matadouro Municipal

0
29

Há um (01) ano, por decisão judicial, foi determinado o fechamento do Matadouro Municipal de Cedro de São João. Dessa decisão, gerou um grande prejuízo às centenas de pessoas que direta e indiretamente, tiravam dali o sustento para suas famílias, de igual modo o comércio local também sofreu seu prejuízo.

A carne de sol confeccionada em Cedro de São João, considerada a melhor do estado, é reconhecida até em outros estados como a melhor de Sergipe, isso também foi assegurado no discurso do saudoso Governador Marcelo Déda, quando aqui esteve para inaugurar a sua reforma com a instalação de maquinário moderno, propício para o abate de animais. Estes se encontram atualmente se deteriorando pelo tempo, visto o Matadouro continua fechado, o que é lamentável, ver tanto dinheiro que ali foi investido, estando sem utilidade.

Segundo a Secom, a interdição ocorreu porque a prefeitura do município não conseguiu cumprir a determinação expedida em 24 de julho deste ano pela desembargadora Elvira Maria de Almeida Silva, que havia dado um prazo de 120 dias para a adequação do ambiente e providência da Licença Ambiental da Adema. Passado o período e não realizadas as adequações impostas, o município deve acolher a decisão de suspensão do abate de quaisquer animais e a respectiva comercialização de suas carnes, uma vez que, segundo o processo, o funcionamento irregular de um matadouro pode colocar em risco a saúde da população, como pode causar danos ao meio ambiente.

Assessoria da vereadora Zizi do Cedro de São João

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta