Mídia coreana: guerra pode irromper ‘a qualquer momento’ entre Washington e Pyongyang

0
68

As tensões entre EUA e Coreia do Norte continuam crescendo à medida que os veículos de comunicação norte-coreanos avisam que um conflito latente entre os dois países pode se transformar em guerra.

A mídia estatal norte-coreana KCNA alertou que até mesmo um acidente poderia agora levar a um conflito armado total e informou que se Washington recorresse à força militar, Pyongyang responderia prontamente.

A declaração surge após a ameaça do presidente americano, Donald Trump, de usar em caso de necessidade o poder militar do “país mais poderoso do mundo” contra a Coreia do Norte.

Segundo a notícia, Trump também se gabou de ter evitado nada menos do que uma “Terceira Guerra Mundial”, ao tomar o crédito por aliviar as tensões com a Coreia do Norte.

A irritação de Pyongyang com a situação foi manifestada pelo seu vice-ministro de Relações Exteriores, Ri Thae Song, que disse na terça-feira (3) que cabia a Washington decidir que tipo de presente receberia no Natal – indicando que uma retomada da escalada retórica é iminente.

Impasse nas negociações

Em junho, Washington e Pyongyang expressaram seu compromisso com a ideia da desnuclearização da península coreana em troca da suspensão das sanções da Coreia do Norte, durante as primeiras negociações diretas entre o presidente norte-americano Trump e o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Presidente dos EUA Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong-un durante encontro na zona demilitarizada, 30 de junho de 2019
© AP PHOTO / SUSAN WALSH
Presidente dos EUA Donald Trump e líder norte-coreano Kim Jong-un durante encontro na zona demilitarizada, 30 de junho de 2019

A segunda cúpula Trump-Kim no Vietnã, em fevereiro deste ano, entrou em colapso devido a desacordos sobre o calendário do alívio das sanções.

A última rodada de negociações em outubro, que reuniu ambos o presidentes, não trouxe nada além de apertos de mãos e falas bem intencionadas, mas sem ações reais.

Por Sputnick

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta