Desembargador decreta prisão de Bombeiro Militar acusado de estupro a uma colega

0
67

O desembargador do Tribunal de Justiça de Sergipe, Diógenes Almeida, acatou na última sexta-feira (01) o pedido do Ministério Público Estadual (MPE) e decretou a prisão preventiva do bombeiro militar acusado de estupro contra uma colega de corporação.

O suposto estupro teria ocorrido no dia 31 de maio durante uma festa de confraternização  em um condomínio em Aracaju.

O pedido de prisão do bombeiro havia sido negado pelo juízo da 6º Vara Criminal, mas foi acatado pelo desembargador Diógenes Barreto.

Segundo a defesa do militar, ele se apresentou nesta segunda-feira (4) para cumprir um mandado de prisão expedido na última sexta-feira (1º).

O caso – à época, a vitima teria procurado a delegacia para prestar a queixa e lá foi sido orientada a fazer o exame de corpo e delito para que o caso fique comprovado e o acusado seja responsabilizado criminalmente. Após a divulgação do fato, o bombeiro respondeu a um Inquérito Policial Militar, mas acabou arquivado, já que havia outro procedimento em tramitação na 6ª Vara Criminal.

Faxaju
Foto: ilustrativa

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta