MNSL atende seis vítimas de violência sexual no feriadão

0
19

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), unidade gerenciada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), é pioneira no Estado em ofertar atendimentos especializados  a mães e bebês de alto risco,  assegurou 174 atendimentos às usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS), durante os dias 25, 26, 27 e 28 de outubro, sendo 71 internamentos que resultaram em 51 partos e 103 pacientes que receberam altas  após avaliação ou foram liberadas para o pré-natal, é o que informou a gerente de Admissão, Adhara Shuamme Bento Fraga, nesta terça-feira, 29.

Durante o período citado, oito pacientes foram transferidas para maternidades com perfil de risco habitual. Além disso, foram realizados seis atendimentos no Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual, sendo cinco a menor de idade, informou Adhara Shuamme.

De janeiro a setembro, foram contabilizados 795 atendimentos às vítimas de violência sexual, destes, 151 a menor de idade e 41 a maior de idade, e 598 consultas médicas de retorno. A coordenadora do Pronto Socorro da MNSL, Lourivânia Prado, informou que o serviço funciona 24h, de domingo a domingo, prestando atendimento humanizado através de uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras, auxiliares de enfermagem e assistentes sociais durante seis meses.

“É importante que a vítima procure atendimento nas primeiras 72 horas, nesse prazo, conseguimos realizar medidas preventivas para evitar infecções sexualmente transmissíveis ou gravidez indesejada. Para isso damos a pílula do dia seguinte, o coquetel retroviral do HIV e das hepatites”, disse Lourivânia Prado.

O telefone de contato para o Serviço de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da MNSL é (79) 3225-8679.

SES

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta