Polícia Federal deflagra Operação Mosqueteiros com fraudes em licitações: municípios na mira

0
177

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 10/10, a Operação Mosqueteiros que trata de crimes em licitações em diversas prefeituras do Estado de Sergipe no ano de 2016 e 2019.

Segundo as primeiras informações é a de que os recursos usados eram das siglas do FNS, FNAS e Fundeb, cujos produtos, em algumas situações, não atendiam ou não se enquadravam às necessidades destinadas. Ainda a informação de que os envolvidos receberam dinheiro por produtos que não foram fornecidos. As três empresas atuavam em conluio por três empresários e por isso foi batizada de Operação Mosqueteiros. Toda operação tem o apoio da Controladoria da União.

As licitações envolvem diversos objetos – acessórios para enxoval, fardamento, fraudas descartáveis, materiais de limpeza, aparelhos de ar condicionado, equipamentos de informática, mobiliário em geral e produtos médicos –, muitos dos quais não se enquadram nos ramos de atividades das empresas investigadas.

Segundo o Jornal da FAN os município envolvidos são: Carmópolis/SE, Itabaiana/SE, Itaporanga D’Ajuda/SE, Nossa Senhora da Glória/SE, Nossa Senhora de Lourdes/SE, Rosário do Catete/SE, São Cristóvão/SE, Nossa Senhora do Socorro/SE e Simão Dias/SE.

Até o momento a operação acontece para coletar informações ou provas sobre as fraudes. Foram expedidos cinco mandatos pois caracteriza fraude, associação criminosa e peculato, todos previsto no Código Penal Brasileiro.

Por Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta