Coronel Rocha: “Não importa quantos candidatos concorram em São Cristóvão. O Cidadania terá candidato a prefeito.”

0
30

Os últimos eventos políticos ocorridos em São Cristóvão, a cidade-mãe de Sergipe, enseja evidências suficientes de que a disputa para sucessão de prefeito trará um quadro novo a luz da avaliação pública nas eleições municipais de 2020.

O Coronel Rocha (Cidadania), vem tomando cada vez mais o gosto para disputar a Prefeitura Municipal. O forte indicador será um estudo de pesquisas de opinião pública que podem apontar números fazendo esse gosto redobrar. Rocha já possui estudos próprios que embasam a continuidade do trabalho de pré-campanha que começou no início deste ano.

Na manhã de terça-feira, 08/10, a pré-candidatura do Coronel Rocha foi visualizada na imprensa, por meio do jornalista Cláudio Nunes que analisou da chegada do Capitão Samuel (PSC), cuja intenção é em também disputar a Prefeitura. Ao lançar sua pré-campanha, Samuel já transferiu seu título, segundo Cláudio Nunes.

Escreveu Cláudio Nunes na Coluna: “Seria uma peleja entre a velha e a nova política? Sabe-se que São Cristóvão é o local de residência de uma parcela considerável de policiais e bombeiros militares. Seria uma peleja entre a velha e a nova política? O primeiro neófito na política, sem máculas, o segundo investigado pelo MP por má aplicação dos recursos das subvenções, junto com vários outros colegas. Promete ou não promete a peleja?” Rocha não se intimidou.

Para o Coronel Rocha, essa informação só aumenta o seu gosto pela disputada da Prefeitura de São Cristóvão em 2020. Militar de reconhecimento dentro e fora da corporação, com 30 anos de serviço na Polícia Militar de Sergipe, uma de suas bandeiras em defesa do município é a de mudança na rota da história política que não promoveu os índices positivos esperados para o desenvolvimento e qualidade de vida da população.  Entre outras análises, Rocha afirma que em 2020 é o tempo para promover as mudanças dando um basta aos que continuam iludindo e fazendo do município uma mera terra de oportunidades para trampolim político.

“Não trago manchas em minha reputação. Os valores que me foram ensinados em família e a caserna são os alicerces para não temer nenhum enfrentamento. O que desejo é prestar uma contribuição para São Cristóvão e melhorarmos a qualidade de vida dos cidadãos sancristovenses. Já estamos em pré-campanha e no período da campanha propriamente dita, falarei mais abertamente dos nossos projetos. Minha avaliação dependerá do povo”, Disse por fim o Coronel Rocha sem lançar direção de sua fala.

Por Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta