O novo prefeito de Canindé de São Francisco, Weldo Mariano, tem por sua frente uma série de decisões para tomar no decorrer da semana. Uma delas é antipática do ponto de vista de ajustes que precisam ser tomadas para organizar a máquina pública: as gratificações serão revogadas para ajudar na economia do erário público. O rombo em Canindé de São Francisco é grande, como disse Kaká Andrade “É preciso estancar a sangria…”

No dia de hoje, 25/09, ele deve baixar alguns decretos além do que trata do rebaixamento das gratificações. Ele nomear o primeiro assessor direto, no caso o de finanças. O nome mais próximo é o de o do contador Pedro César, homem qualificado e de confiança de Weldo Mariano. Outra pasta que pode ter novo nome já de início é o da Assistência Social, o nome mais cotado é o de Edilma, formada em Assistência Social e já coordenou o PETI, ou Casa da Infância. Essas informações não são oficiais, porém, dignas de credibilidade, até que o prefeito profissionalize os serviços de sua Assessoria de Comunicação.

Durante a semana uma série de decisões devem sair da caneta do novo prefeito que, embora seja interino, está obtendo uma grande aceitação pública, fruto do sentimento de um povo que clama pelo desenvolvimento de Canindé de São Francisco há anos. O rombo de Canindé de São Francisco é grande nas contas públicas. Muitas especulações giram sobre o momento e pede-se aguardar oficialmente, porém, o quadro é quase certo que seja assim.

Em uma análise, Weldo precisará nesse momento em que administrará o município de muita compreensão e sabedoria para não cair em antigas “siladas” e “culturas” que se instalaram no poder municipal para colher o que é de direito do povo.

Por Adeval Marques
Foto: FAN FM

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta