Jornalistas em volta da múmia de Sennedjem no Museu Nacional da Civilização Egípcia (NMEC), no Cairo.

Dois sarcófagos antigos foram abertos no sábado (21) no Museu Nacional da Civilização Egípcia, no Cairo. As múmias em dois sarcófagos pertencem a Sennedjem, um artesão de túmulos reais do Antigo Egito, e a sua esposa.

Os sarcófagos foram abertos na presença do ministro de Antiguidades do Egito, Khaled al-Anany, e de jornalistas no Museu Nacional da Civilização Egípcia (NMEC), no Cairo.

Segundo o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Mostafa Waziri, as múmias pertencem a Sennedjem, o artesão de túmulos reais que viveu durante os reinados dos faraós Seti I e Ramsés II, há cerca de 3.400 anos, e uma das esposas dele.

Os corpos de Sennedjem foram encontrados entre 20 outras múmias em uma tumba descoberta em 1886, na margem oeste do rio Nilo pelo egiptólogo francês Gaston Maspero.

Sputnick

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta