O leitor sabe que este espaço não é de jogar confetes na classe política, mas quando algum político de Sergipe acerta e não sai nacionalmente com manchetes negativas – como aconteceu muito no ano passado – e sim em manchetes positivas o blog aplaude.

É o caso do Projeto de Lei 399/2015, sobre a liberação da produção de remédios à base de cannabis medicinal,, de autoria do deputado sergipano Fábio Mitidieri. O blog parabeniza primeiro porque Mitidieri não ficou em cima do muro, como alguns fazem em matérias polêmicas e que dividem opinião muitas vezes por falta de esclarecimento da parte contrária.

No caso a regulamentação no Brasil do uso da cannabis medicinal vem ganhando destaque e parte da imprensa vem derrubando conceitos errados como fez o Jornal Nacional na última terça-feira, 17, num ampla matéria que mostrou que a regulamentação já existe em dezenas de países e o uso por pacientes no Brasil, através da Justiça, como uma criança e uma idosa, que melhoram em muito por conta do uso do óleo da cannabis medicinal.

Já esta comprovado que a cannabis é eficaz no tratamento de epilepsia, autismo, Alzheimer, Parkinson, dor neuropática e câncer. Como não está regulamentado o seu uso ainda tem muitos preconceitos e os pacientes são considerados até mesmo “criminosos.” Fábio Mitidieri, com certeza contou com o apoio do pai, Luiz Mitidieri, um médico humanista e experiente.

Tomará que este projeto tramite rapidamente. Ninguém está defendendo a liberação da maconha, como alguns radicais pregam.

O projeto de Mitidieri defende o direito à vida para milhares de pessoas que precisam usar a cannabis medicinal para viverem com dignidade.

Por Cláuidio Nunes

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta