Luciano de Menininha desmente irmão Zé João: “Nunca dei conselho para ele se juntar com Renato”

0
155

O ex-deputado estadual e ex-prefeito de Propriá, empresário rural José Luciano Nascimento Lima, o Luciano de Menininha, estranhou as declarações do irmão José João Nascimento Lima, o Zé João, ex-prefeito de Telha, de que o tivesse estimulado a uma aliança entre ele – Zé João – e o ex-prefeito Renato Brandão para a sucessão de Propriá em 2016.

“Eu nunca dei conselho nenhum para Zé João se juntar com Renato. Ele está equivocado. Eles vieram à minha procura – um primo de Renato -, eu atendi, tratei bem, mas nunca nem passou pela minha cabeça de fazer aliança nem com Renato nem com Valberto, Américo ou Fernando Britto. Nunca. Em eleição nenhuma!”, rechaçou Luciano de Menininha.

“Meu irmão errou feio nosso aí. Ele não poderia ter dito isso. Nunca houve essa vontade minha. Pelo contrário: eu sempre fui preservador da nossa própria direção. Não posso me juntar com um cara que passou 30 anos dizendo que a gente não presta. E digo que isso vale para todos eles que estão aí agora. O único cara aí que foi nosso aliado lá atrás é o vereador José Aelson, que eu não sei se está preparado para ser prefeito de Propriá”, reforça Luciano de Menininha.

“Acho que na política a gente faz coligações é com o povo. A gente combina com o povo as coligações que pretendemos. E tenho certeza de que aqui em Propriá o povo não quer uma coligação nossa com Renato. Nem o nosso povo quer com ele e nem o dele quer com a gente. Porque, do contrário, a gente vai desmentir tudo que foi dito no passado. Não quero brigar com meu irmão, nem no privado e nem publicamente”, diz Luciano.

“Mas eu não vou recuar de uma discussão com meu irmão. Eu acho que ele deveria era criar juízo e respeitar o momento em que nossa mãe se encontra, não muito bem de saúde. Ela está doente e a gente está cuidando dela. E não tenho nada, nenhum motivo, pra conversar com esses pré-candidatos que aí estão, inclusive o Márcio Doria, que também tem me procurado muito. Mas também foi dos que assistiram e apoiaram Renato destruir Propriá e liderando todos esses aí!”, afirma Luciano.

“Com que cara eu vou dizer ao povo que fiz uma aliança com qualquer um desses candidatos aí. Não farei nenhuma aliança com àqueles que poderiam ter ajudado muito a Propriá, mas preferiram destruir a toda a nossa família. Como sempre venho dizendo, eu vou estar fora de política. Mas, infelizmente, há essa indefinição de meu irmão e talvez meia dúzia de amigos dele que não gostem de mim fiquem botando essas coisas na cabeça dele. Eu acho que o que ele disse vai ter que desdizer”, pontua Luciano.

Além da vida privada, Luciano de Menininha cuida de um asilo. Ele mandou a essa Coluna um foto com mais de dez idosos sentados, seguida da frase: “Eu estou fora de política. Minha vida hoje se resume a trabalhar e a tomar conta dessas crianças”.

JLPolítica
LinK: http://jlpolitica.com.br/colunas/aparte/posts/que-falta-para-que-o-governo-do-brasil-ouca-e-acolha-as-ideias-de-luciano-barreto/notas/luciano-de-menininha-desmente-irmao-ze-joao-nunca-dei-conselho-para-ele-se-juntar-com-renato

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta