Ele aproveitou que a mãe da menina estava na igreja para cometer o abuso

Um homem de 46 anos foi preso nessa segunda-feira (26) acusado de abusar sexualmente da sobrinha de apenas 14 anos nesse domingo (25), enquanto a mãe dela estava na igreja. O caso aconteceu no Bairro Despraiado, em Cuiabá.

Conforme o boletim de ocorrência, o tio passou a mão no órgão genital da menina e a obrigou a fazer sexo oral nele. Para esconder o abuso, ele ameaçou a menina caso ela contasse algo à mãe.

Nessa segunda-feira (26), porém, a mãe recebeu uma ligação da escola da filha com a informação de que a adolescente queria falar com ela.

A mãe ligou para a filha que, aos prantos, disse que não iria mais voltar para casa. Achando estranho, a mãe pressionou a menina, que, mesmo com medo, contou que o tio tinha tocado todo o corpo dela, inclusive o órgão genital e, sob ameaça, a obrigou a fazer sexo oral nele.

Após o estupro, quando a mãe da menina chegou da igreja, sem perceber nada de anormal, ela pediu que a filha fosse com o tio comprar pão. No carro, o tio beijou a sobrinha à força e, novamente, passou a mão nas partes íntimas da menina.

Assim que receberam a denúncia, nessa segunda-feira (26), por volta das 13 horas, os policiais procuraram o suspeito na casa dele, mas ele não foi encontrado. Em seguida, a equipe foi até o trabalho dele, um sítio na Avenida Fernando Corrêa da Costa, e ele foi localizado.

Questionado, ele confirmou ter abusado da sobrinha. O homem foi preso e encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá, onde o caso foi registrado como estupro de vulnerável.

O Livre
Foto: Reprodução

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta