Os vereadores da oposição apresentaram um projeto de lei que prevê a instalação de aparelhos de ponto eletrônico para controlar a frequência dos vereadores na Câmara de Cuiabá.

A intenção dos parlamentares, encabeçados pelo vereador Abilio Júnior (PSC), é evitar prejuízos com os constantes atrasos. Sendo assim, quando algum vereador chegar atrasado, o ponto acusará e o salário será reduzido proporcionalmente.

Resta saber se a proposta terá a ‘popularidade’ necessária dentro do parlamento para ser enviada a plenário e aprovada pela maioria.

O Bom da Notícia

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta