Câmara de Canindé de São Francisco começa processo que pode cassar prefeito Ednaldo da farmácia

0
271

As testemunhas serão ouvidas e uma já afirmou que manterá o que disse

A Comissão Parlamentar Processante (CPP) da Câmara Municipal de Canindé de São Francisco começa ouvir nesta terça-feira, 23/07, os envolvidos nas denúncias que apura irregularidades na administração do prefeito Ednaldo da farmácia. Ao todo são cinco pessoas citadas nesta primeira fase.

A Representação foi protocolada pelo sindicalista Edmilson Balbino dos Santos Filho “Missinho Balbino” a Câmara Municipal. Ele não só denunciou como relacionou diversas situações de má conduta da administração municipal e cobrou providencias do Poder Legislativo, inclusive na acusação sobre o valor super faturado de nota fiscal.

A CPP é formada pelos vereadores Adriano de Bomfim, José Gomes e Joselildo Almeida do Nascimento “Pank” e ainda com o suporte do advogado Dr. Bosco. As testemunhas no caso serão ouvidas e os relatos ficarão em sigilo para ajuntamento do processo que será composto de mais outras escutas para então ser finalizado e publicado o resultado.

Ao final, com base no Relatório gerado por meio dos depoimentos, a CPP decidirá por cassar ou manter o prefeito Ednaldo Vieira Barros do cargo.

Ao site NEnotícias, em recente publicação, o prefeito Ednaldo disse que pode renunciar, porém, “Canindé saberá toda verdade”. Na análise de uma figura da justiça do Estado o prefeito está mal orientado e que a frase e possível atitude de Ednaldo é uma faca de “dois gumes”. O conveniente, segundo o jurista, seria que ele tomasse muito cuidado com a decisão porque “quem condena também pode ser condenado”.

Por Adeval Marques
Banner: Arquivo

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta