A Comissão Parlamentar Processante (CPP) afirmou em entrevista que o prazo de 90 dias será o curso máximo para análise da denúncia de Edmilson Balbino Santos Filho “Missinho”  contra a administração do atual prefeito Ednaldo da farmácia em Canindé de São Francisco. Aconteceu na rádio Xingó FM nesta terça-feira, 25/junho. Ás 12hs.

O Presidente da CPP, vereador Joselildo do Nascimento Almeida “Pank”afirmou que, assessorado pelo advogado Dr, Bosco, a Câmara Municipal estará notificando o prefeito. “Ele já está sendo notificado”. Panki relatou que é impossível aceitar os desmandos da atual administração que vem atrasando pagamento de servidores, fornecedores, com o matadouro fechado, lixo nas ruas, etc.

O vereador José Gomes disse que as provas são robustas e que a Câmara Municipal cumprirá seu papel de forma tranquila e de acordo com a Lei, obedecendo o Regimento e Lei Orgânica. Tudo de forma transparente, frisou.  

O Assessor Jurídico, Dr. Bosco, informou que uma das atribuições do vereador é legislar. Historiando sobre Canindé de São Francisco, ele alertou que o Município já passou por momentos assim e que a Câmara está para investigar e que tudo precisa ser de forma imparcial. Reforçou que o denunciante apresentou farta denúncia bem fundamentada e lembrou da falta de depósito de pagamento ao INSS por parte da Prefeitura: “A Câmara fará seu papel. Quem dever que pague.”

Perguntado sobre o que acontecerá em caso de cassação do mandato, Dr. Bosco disse não ter interesse em entrar nessa seara.

O vereador Adriano de Bomfim, mesmo presente na entrevista, não quis falar sobre o assunto.

Por Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta