Deputado estadual de segundo mandato, Luciano Pimentel (PSB), tem usado a experiência adquirida como bancário, ofício que desenvolveu por 35 anos, para conduzir seu mandato na Assembleia Legislativa de Sergipe.

Ao conceder entrevista ao Jornal da 102 (Xodó FM Aracaju), o parlamentar revelou que acredita em uma guinada econômica do estado e destacou que o governador Belivaldo Chagas (PSD), acertou ao nomear para a Secretaria da Fazenda (Sefaz), seu colega de profissão, Marco Antônio Queiroz. “Queiroz é um homem que busca efetividade e vem para somar esforços. Tenho crença e esperança que fará um grande trabalho, sobretudo pelo perfil conciliador”, afirmou.

Em conversa com os âncoras Welder Ban e Eduardo Carvalho, Pimentel destacou que o momento econômico pelo qual Sergipe e o Brasil vêm passando, requer a adoção de medidas efetivas e pontuou que um setor a ser fomentado, é o turismo. ” Passamos por um momento muito difícil. Vejam, temos uma rede hoteleira preparada, mas precisamos criar uma infraestrutura para fomentar o setor. Eu acredito muito na recuperação do estado”, sentenciou.

Outro ponto defendido por Luciano, foi a reforma da previdência, que na visão do deputado, faz-se necessária e urgente, mas deve contemplar o país como um todo. “Um país como o Brasil, quando aprova uma legislação deve contemplar todos os entes federativos. Separar é criar barreiras! Se aprovada for, a reforma deve abranger a nação como um todo. Veja o nosso estado, por exemplo, gastamos mensalmente R$ 100 milhões para pagar nossos aposentados, recursos que poderiam ser destinados para recuperação de rodovias, para a saúde, para e educação, para infraestrutura, e desenvolvimento”, descreveu.

Lembrando que o estado convive com uma crise hídrica, Luciano Pimentel questionou o porquê do governo federal não priorizar essa pauta, ainda que parlamentares tenham apresentado requerimentos. ” O canal do Xingó é cantado em verso e prosa, porém nunca saiu do papel. Por que essa falta de interesse?”, questionou.

Por fim o político disse estar de saída do PSB, revelou ter admiração por Valadares Filho e não informou para qual legenda irá migrar. ” Como vocês sabem, irei sair do PSB, mas manterei o carinho e o respeito ao ex-deputado federal Valadares Filho. Vou respeitar a legislação eleitoral e no momento certo, anuncio para qual partido irei”, encerrou.

Por Daniel Villas-Bôas, da Redação Xodó News

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta