Uma jovem de Propriá, iniciais de M.V.B.M. (20 anos), vem sendo vítima de perseguição por parte do antigo namorado e o caso já é do conhecimento da Delegacia de Polícia local. O ex-namorado não aceita o fim do relacionamento por parte da jovem. Ela já foi agredida por ele.

Segundo relato, após o rompimento que se dá pela segunda vez, o ex-namorado de nome Lucas Sá Silva passou a insistir no retorno do namoro e vem perseguindo a vítima por meio de telefones e abordagens nas ruas com intimidações. Em um fato recente ele tentou invadir a residência da avó da vítima, que têm 80 anos de idade, onde M.V.B.M. estava usando como refúgio de descanso em razão das perseguições. Não fosse pelo fato da porta ser fechada rapidamente, diante do estado alterado do jovem, que apresentava quadro perturbador, insistindo entrar com xingamentos, poderia acontecer uma tragédia no local sob o olhar de várias testemunhas.

A audácia de Lucas Sá e considerada pelos familiares como sendo de comportamento psicopata ou de sociopata, pois ele também vem ligando com ameaças aos familiares, roubou o chip de telefone e um cartão de memória da jovem e, de posse da agenda, passou a fazer as ligações. Em todos os casos a Delegacia já está de posse das informações e do histórico de Lucas Sá que já têm B.O. registrado.

A situação chama atenção diante dos números de feminicídio crescente no País. Em Sergipe o índice é de 43,02% de homicídios dolosos contra mulheres. É importante a identificação do agressor para sociedade e a ação enérgica da Justiça para precauções e até poder evitar uma tragédia.

O Boletim de Ocorência (B.O.) foi registrado pelo tio da vítima em defesa do fato ter acontecido na residência de sua mãe.

Por Adeval Marques
Foto: Imagem ilustrativa

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta