Considerados os dois principais líderes da Articulação de Esquerda em Sergipe, o deputado estadual Iran Barbosa e a ex-deputada estadual Ana Lúcia, deixaram a tendência política  interna que militavam no Partido dos Trabalhadores (PT). O anúncio público foi feito na tarde da segunda-feira, 29, por outro integrante, o presidente da CUT Sergipe, Rubens Marques, o Professor Dudu.

Segundo professor Dudu, o fato é recente, mas a confirmação se deu por comunicado à direção nacional e também por não ter havido indicação dos delegados para o Congresso Nacional da Articulação de Esquerda que acontece no dia 1º de junho.

“A gente sabe que foi uma grande perda de dois quadros importantíssimos que ajudaram a construir essa tendência do PT, Ana Lúcia e Iran”, lamentou.

Indagado se sabia o motivo da saída, Dudu respondeu que foi um debate que eles fizeram com a direção da Executiva Nacional e que, embora discorde, só lhe cabe respeitar a decisão dos dois membros da Articulação de Esquerda que deixam a corrente partidária em um momento ruim.

A saída de Iran Babosa e Ana Lúcia da Articulação de Esquerda teve reflexo no Sintese, uma vez que integrantes da atual diretoria, ligados aos dois, se recusaram a compor a nova chapa para disputar a eleição do sindicato do magistério sergipano.

As declarações do Professor Dudu foram dadas ao jornalista Flávio Lima e ao radialista Cláudio Leite, durante entrevista ao programa O Giro da Notícia, na Rádio Cultura AM.

Por Flávio Lima
Hora News

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA