Toda chegada do inverno a situação fica ainda pior

Há vários anos o Hotel Velho Chico é carente de uma atenção especial por parte do Estado. E há pouco menos de dois anos a piscina está em risco de causar um desastre na estrutura podendo comprometer mais ainda a imagem de um local que foi construído para ser uma referência como hospedagem aos turistas e ponto acolhedor de Propriá e Baixo São Francisco. Qual o motivo da desatenção?

Embora a ilustre visita do Secretário Estadual de Turismo, Manelito Franco Neto, na última quarta-feira, 24/abril, ocorrida no auditório da Codevasf, nos trouxe uma agenda de discurso pronta, sem ter dado espaço para discussão por parte dos prestigiantes, assim foi repassada a informação ao site Propriá News, não se ouviu propostas concretas como as que colocam outros municípios na rota do turismo em Sergipe, a exemplo de Canindé de São Francisco, São Cristóvão e Estância. O Baixo São Francisco, em especial a malha que compreende Porto da Folha, Gararu, Canhoba, Amparo do São Francisco, Neópolis e até a foz, continuam mendigando essa atenção que é uma verdadeira excludência por parte do Estado com a leitura de “Maior bolsão de miséria do Estado”. De onde faltou a atenção e investimentos?

A região do Baixo São Francisco, em especial Propriá, aguarda com esperança a leitura do jovem Secretário de Estado sobre as ações que de fato fortaleça o trabalho e imagem do turismo local. Que essa proposta agregue geração de emprego e renda, já que a visita é uma Agenda do Estado e na palavra de Franco Neto foi deixado claro por ele que sua intenção é trabalhar pelo desenvolvimento e não por questões “políticas”.

Confira que as ações na página do Estado não visualiza Propriá na Secretaria Estadual de Turismo de Sergipe: https://www.turismo.se.gov.br/?p=1268

A Politica Pública Municipal precisa pensar turismo com Projetos eficazes, técnicos e vislumbrar que existe potencial local sobre vários aspectos. É importante promover debates, ações e elaborar uma proposta com focos e angaria do Estado atenção. Nesse contexto temos a pasta de Turismo como detentora da ação.

Das duas uma: ou o Secretário não detém informação sobre a situação do Hotel Velho Chico ou não teve como emitir uma opinião em razão de não ser autorizado sobre o assunto. Enquanto isso, o Hotel Velho Chico está abandonado pelo Estado, carente de atenção e ninguém diz nada. “Nenhuma palavra sobre a situação do Hotel Velho Chico”.

Confira o vídeo: Muro de contenção no Hotel Velho chico desaba

Por Adeval Marques
Foto e vídeo: Propriá News

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta