Moradores saíram correndo após rompimento do cabo

Na tarde do último domingo, 31/04, por volta das 15hs00, um cabo de eletricidade da rede elétrica partiu-se na Avenida Porfírio de Britto, zona Norte da cidade, no trecho que compreende a esquina do Colégio Estadual Professor Cesário Siqueira. O histórico do local não é bom. Há alguns meses um transformador vazava óleo e clarões.

Moradores que estavam em suas portas no momento da ocorrência, informaram que, primeiramente, o cabo de eletricidade começou a soltar faíscas e em clarões de fogo de várias cores foram avistadas chamando atenção. Ao ver que a situação poderia se agravar as pessoas começaram a correr ou entrar em suas casas para se proteger. Em poucos minutos o cabo se partiu caindo nas calçadas das residências e subiu em direção da Rua do Gameleiro. Na cena da situação, por pouco não atingiu algumas crianças que brincavam e uma boneca ficou marcada de preto pelo cabo que caiu nela. “Nós ficamos apavorados e começamos a correr para o outro lado da Avenida. Se tivéssemos ficados, acredito que seriamos vítimas fatais”, disse um morador.

A Energisa foi acionada imediatamente, porém, cegou por volta das 17hs00. Na alegação do funcionário a demora se fez em razão da equipe estar no Município de Aquidabã. O reparo feito na rede, segundo ainda os moradores, é de que o mesmo cabo foi emendado, o que deixou vários moradores indignados. “Era para colocar um cabo novo. Não é a primeira vez que acontece aqui nesse trecho e em outros cantos da cidade onde uma criança já foi vítima”, disse outro morador.

No histórico do registro de ocorrências um fato da mesma esfera vitimou uma criança do sexo feminino. “A cidade de Propriá têm cabos antigos que não foram reparados quando da venda da Energipe para a nova Energisa. Era preciso fazer uma varredura e ver as condições deles porque tem prazo de validade”, afirmou um eletricistas que pediu para não ser identificado.

Por Adeval Marques
Foto do local: PropriaNews

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta