Na manhã da última quinta-feira, 14/março, o vice-prefeito de Penedo, Ronaldo Lopes, concedendo entrevista ao programa Lance Livre da Rádio Penedo FM, fez um breve histórico sobre todo o processo de construção da ponte ligando os estados de Sergipe e Alagoas no trecho Penedo em Alagoas e Neópolis, em Sergipe. Ele lembrou de Marcelo Deda e declarou que “Sergipe queria a ponte entre Brejo Grande e Piaçabuçu”, agora o impasse acabou e a projeto será efetivamente posto em análise para execução.

Com o fim da divergência entre os dois estados, Segundo Ronaldo Lopes, representando um passo fundamental, o governador de Alagoas terá um encontro com diretores de empresas chinesas. Elas já estão com o projeto executivo da ponte Penedo/Neópolis em mãos. A base é um convênio assinado entre Brasil e China ainda no Governo Temer.

Ao todo estarão envolvidas 12 grandes empresas chinesas formando um grupo que apreciará o projeto para garantir os recursos necessários a execução da obra que dita o montante de R$ 320 milhões.  Entretanto, o projeto foi doado ao Estado de Alagoas por mérito da atuação dos parlamentares alagoanos.

O Governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, disse está à disposição para colaborar com a viabilidade do projeto por entender que obras de mobilidade trazem desenvolvimento para os dois estados.

A extensão da ponte é de 1.072 metros de largura por 21,10. Estão incluídas pistas de passeio e ciclovia, com largura de aproximadamente dois metros. A obra representa avanço no quesito desenvolvimento para mobilidade urbana, turismo e economia da região e estados.

Por Adeval Marques
Foto: perspectiva do projeto
Com informações da entrevista

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA