Não por ser o  dia 8 de março, declaro do o “Dia Internacional da Mulher”, mas sim pela mulher. Esse grande ser de Luz que é a flor do nosso Universo. Quem me conhece de forma mais próxima sabe o quanto admiro, defendo e valorizo essas divindades que foram colocadas em nossas vidas pelo Criador. Nós só teríamos que amar, entender e respeitar a importância delas em nossas vidas.

Seja ela Doutora ou simplesmente um catadora de lixo. Serão sempre mulher, mães, filhas, guerreiras e guardiãs da humanidade. Só à elas foi dado a missão da continuidade de dar a Luz à raça humana. Deveriam ser veneradas.

Tantos são os papéis que elas desenvolvem no curso de suas vidas que ao final muitas padecem de tristeza e solidão. Não obstantes são amadas pelo fruto do ventre na condição de mãe. A mulher é fortaleza, símbolo de ternura e amor.

Circula em si o barro da vida, a luz, o amor, criatura e criadora, rio de emoções e sentimentos. Nasce flor e morre estrela que se envolta e enlaça tudo que por ela é tocado. Do teu seio jorra a vida dos lábios do fruto que gera fazendo tudo se calar ao seu redor. Dádiva, passos de quem nada teme ou deve. Dona de tudo que há no mundo pelo instinto feminino de todas as coisas nelas contidas.

Aqui ou no fim do Universo, onde existir vida humana, algo da Mulher estará contido ali.  Nem que seja de forma minúscula em átomos e partículas lembrando que a vida sem ela não existira, seria como um imenso deserto sem ensolarado ou meramente uma mera passagem chamada de vida.

Raio de Luz e vida: Dia Internacional da Mulher é todo dia todo dia

Simplesmente parabéns!

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta