Uma mulher identificada como Carly Ann Harris, 27 anos foi acusada de afogar, cortar em pedaços e queimar o corpo da filha, Amélia Brooke de apenas 4 anos. Na última quinta-feira, 13 de dezembro de 2018, o caso foi divulgado pelas autoridades de Londres, Inglaterra.
De acordo com testemunha, Carly matou a filha intencionalmente, afogando-a na banheira. Então ela a cobriu com um cobertor e a incendiou no jardim após cortá-la em pedaços pequeno.
De acordo com o site The Sun, a mulher revelou ao tribunal que decidiu afogar sua filha em uma banheira e, em seguida, espancou seu corpo cortou em pedaços e depois queimou e jogou seus restos em seu jardim, ela afirmou ainda que só cometeu o crime á “pedido celestial”.
Este evento macabro ocorreu em junho passado; No entanto, com os novos detalhes revelados pela mãe assassina, o julgamento vai acontecer até o final deste ano, a assassina pode pegar pena máxima, devido ao homicídio, abuso infantil e uso indevido de narcóticos, crimes pelos quais ela poderia pagar até pena de morte.
Mceará.com

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA