Tradição que se mantém viva

A cidade de Propriá, distante de Aracaju a 96 Km, já está em ritmo de Festa de Bom Jesus dos Navegantes. Na manhã de domingo, 06/jan, a Comissão Organizadora do Mastro da Avenida Nelson Melo, fez o hasteamento de um dos símbolos da festa: o Mastro.

Toda cidade se prepara para a festa que é tida como o maior acontecimento. Ela reúne Cultura, História e religiosidade. Durante o mês de janeiro a cidade registra grande agitação de público que a visitam para participar dos festejos, rever amigos e familiares, lembrar volta ao ligar de origem ou simplesmente ver como é. Nesse sentido, a Prefeitura de Propriá vem preparando a cidade para o acontecimento e recepção dos turistas ou visitantes. A programação de apresentação das bandas já foi divulgada.

A tradição do parque se mantém ativa e vendedores, romeiros, religiosos de todos os lugares procuram Propriá nessa época para festeja. Missa, Procissão, Corrida de Barcos a Vela, apresentações culturais e artísticas e outras manifestações são oferecidas para mante a tradição cada vez mais viva.

Atualmente Propriá mantém quatro mastros que são erguidos na Quintino Bocaiuva, Banca do Peixe, Nelson Melo e do Bairro Poeira. Neles acontecem as reuniões, apresentações de pífanos, samba e a queima de fogos no dia oficial da festa religiosa com o passar da procissão que se dá no último domingo de janeiro, esse ano será no dia 27 com a Procissão Fluvial fechando a festa.

Os mastros reforçam a tradição local fortalecendo a cultura e identidade do povo de Propriá se mantendo viva a cada ano.

Por Adeval Marques
Fotos: Alberto Amorim (Historiador)

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA