MINISTRO DOS TRANSPORTES ENGANA INAUGURAÇÃO DO TRECHO EM BR 101 SERGIPE

0
137

Local que foi inaugurado e onde deveria ocorrer a passagem dos veículos para a pista dupla, continua fechado para o trânsito de veículos

Fonte: Espaço Militar

No dia 23 de novembro, uma sexta-feira, o Ministro dos Transportes Valter Cassimiro Silveira, esteve em Sergipe para inaugurar 18 km da duplicação da BR-101 norte, cujo evento contou com a presença do Governador do Estado Belivaldo Chagas, dentre outros políticos e autoridades.
Ocorre que, o blog Espaço Militar esteve no local nos dias 24 e 25 de novembro e não entendeu como se inaugurou uma obra, se os veículos não estão podendo passar em parte dela, mais precisamente o trecho entre os municípios de Cedro e de Malhada dos Bois. Importante salientar que tal trecho está em pista ainda de mão dupla, sem acostamento e com o asfalto da pista em péssimas condições.
Nesta segunda, dia 10, mais uma vez o blog Espaço Militar esteve no local e a obra continua fechada para o trânsito de veículos, mostrando claramente que a inauguração não passou de uma enganação.
É lamentável como em nosso país se inauguram obras sem estarem devidamente concluídas, pois no caso em tela, foi veiculada em toda imprensa sergipana tal inauguração, sem que efetivamente seja aberto aos veículos.
Quando se inaugura uma obra, é porque esta já está concluída e pode ser utilizada, mas não é o que ocorreu em tal inauguração, onde somente um trecho pequeno entre os municípios de Propriá e Cedro é que foi liberado, enquanto o trecho maior, de Cedro a Malhada dos Bois, continua fechado para o trânsito, tendo os motoristas que continuarem trafegando em um trecho extremamente perigoso. Só esclarecendo, os dois trechos citados foram inaugurados no dia 23 de novembro, e a solenidade de inauguração ocorreu justamente no trecho inaugurado e até a presente data, não liberado. Uma verdadeira vergonha.
Espera-se que os órgãos fiscalizadores tomem alguma providência acerca do caso.
Com a palavra o DNIT.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta