Menor que matou a sargento Eliana Costa pode ser solto

0
50

O menor de 16 anos de idade que matou a sargento Eliana Costa poderá ganhar a liberdade no próximo domingo,15, até o o momento o caso não foi julgado pelo judiciário. Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), 45 dias é o prazo máximo para o internamento provisório, passado este período, o menor será posto em liberdade até que tenha seu processo julgado. A pena máxima estabelecida pelo ECA a ser aplicada em menores é de três anos de apreensão.

O jovem foi apreendido no dia seguinte da morte de Eliana, no bairro 17 de Março, e levado para a Delegacia de Menor. Na ocasião, o mesmo confessou friamente ter assassinado a tiros a sargento da Polícia Militar. Atualmente, ele está internado na Unidade Educativa de Internação Provisória do Governo do Estado (Usipe), onde permanece desde a sua apreensão.

O caso

Na tarde do feriado de Corpus Christi, no dia 31 de maio, a vítima retornava caminhando para sua residência após sair de um salão de beleza, quando foi surpreendida pelo marginal que anunciou o assalto. Nesse momento, a policial teria reagido, e por conta disso, o indivíduo efetuou disparos que atingiram a região do tórax. A militar chegou a ser socorrida pelo seu esposo e encaminhada para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), mas não resistiu.

Sargento Eliana Costa da Silva

A policial fazia parte da Corporação desde 1993 e estava lotada há 20 anos na Assistência Militar da Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). No mês de março, a mesma foi homenageada pela própria Alese no Dia Internacional da Mulher deste ano. Eliana Costa é natural de Pão de Açúcar, Alagoas. Nasceu no dia 27 de abril de 1972, mas desde criança residia na cidade de Poço Redondo. Casada com o advogado Geilson Rodrigues, deixa dois filhos crianças, com idades de 7 e 13 anos.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta