CMDCA em parceria com CIEE reúne jovens para Capacitação e Seleção

0
91
Na tarde da última quarta-feira, 19/07, no 12 Tênis Clube de Propriá o CMDCA-Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente em parceria com o CIEE- Centro de Integração Empresa-Escola reuniram 70 jovens com idade de 16 a 20 anos para uma Capacitação e seleção.

Essa Capacitação e seleção  foi desenvolvida através de dinâmica em grupo e a aplicação de uma prova com 10 questões de Português e 05 de matemática, aplicada pela equipe do CIEE. O evento foi realizado pelo CMDCA com o apoio da Secretária Municipal de Assistência Social. Estiveram presentes o coordenador do CIEE Júlio César da Silva e a senhora Evellyn. A prova foi aplicada com o intuito de avaliar a capacidade dos jovens. Através desse resultado, alguns jovens serão selecionados para o preenchimento de vagas assim que surjam na qualidade de Jovens Aprendizes.

Buscando contribuir para a formação de jovens autônomos, que saibam fazer novas leituras de mundo, tomar decisões e intervir de forma positiva na sociedade, surgiu o Aprendiz Legal. Um programa de aprendizagem voltado para a preparação e inserção de jovens no mundo do trabalho, que se apoia na Lei 10.097/2000, a Lei da Aprendizagem. O CIEE- Centro de Integração Empresa-Escola oferece à empresa a oportunidade de formar um profissional alinhado com o mundo do trabalho.
A Lei determina que empresas de médio e grande porte contratem jovens de 14 a 24 anos, para capacitação profissional (prática e teórica), cumprindo cotas que variam de 5% a 15% do número de funcionários efetivos qualificados. É facultativa a contratação de aprendizes pelas microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).Na experiência do Aprendiz Legal o jovem assume o papel de agente de desenvolvimento de sua própria carreira, de colaborador da empresa que o recebe, sua energia, sua criatividade, sua ousadia e sua tendência à contestação são canalizadas para renovar ideias, estruturas e processos.
Por acreditarmos que o jovem deve ser protagonista, visto como responsável, capaz e decisivo, o método utilizado para a formação do aprendiz estimula a autonomia e a pró-atividade. Sua inserção social através do trabalho e da geração de renda está centrada no desenvolvimento de cidadãos social e  economicamente bem-sucedidos, que façam a ponte entre a infância e a vida adulta conquistando auto-estima e responsabilidade. Dessa forma, o CMDCA há um ano, através da presidente Maria do Carmo procurou o CIEE.

Fonte: CMDCA

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta