Análise: Iokanaan Santana mostra maturidade ao escolher Samuel Menezes como Líder do Governo

0
126

O Presidente da Câmara Municipal de Propriá, Vereador José Aelson dos Santos (PSD), fez a leitura do Ofício nº 139/2017, de autoria do Poder Executivo Municipal, que indica o Vereador Samuel da Cunha Menezes (PSC) para exercer o papel de Líder do Governo na egrégia Casa de Leis. Aconteceu na Sessão Extraordinária de quinta-feira, 25/05, ocorrida no horário da tarde.

 A chegada de Samuel e análise do site

Efetivamente, embora o Vereador Pequeno estivesse como Líder da bancada da situação, a verdade é que o Prefeito Iokanaan Santana não teve ainda essa figura tão necessária na Câmara Municipal.

A figura de um Líder do Governo tem papel fundamental nas relações políticas e administrativas entre os dois poderes, Executivo e Legislativo. O Líder do Governo não é meramente figura ilustrativa e sim uma autoridade constituída para representar o Prefeito, Secretários, vereadores da bancada e a própria Prefeitura Municipal dentro da Câmara e até, em alguns aspectos, fora dele. O salvo conduto que lhe dá essa autoridade é o Ofício enviado pelo Prefeito ao conhecimento da Câmara, tratado como documento régio e por isso cobra-se o respeito e concede-lhe autoridade.

As atribuições do Líder de Governo

As atribuições de um Líder de Governo discorrem em inúmeros aspectos. Uma delas, primeiramente, é que ele deve ter conhecimento sobre o planejamento administrativo da gestão, só assim poderá defendê-la. Conhecer os projetos, as metas, o posicionamento da gestão, os relatórios da gestão, as Leis e tantas outras questões são primordiais para exercer o papel na Câmara Municipal porque ensejará em conhecimento para confrontar os debates mostrando preparação perante os demais na defesa da gestão. Nada é pior que um Líder de Governo sem preparo ou desassistido pela própria gestão que ele representa. Ao invés de Líder ele passa a imagem de “marionete” ou “menino de recado”. Não é isso que se pretende.

Mediador de conflito

Em um Parlamento a composição dos pares se divide em dois blocos: Bancada da Situação, aquela que representa o Poder Executivo e a Bancada da Oposição, obviamente os que se opõem ao Prefeito. Em Propriá esse Parlamento é composto por 11 vereadores. Dentro do exercício parlamentar são naturais as discussões entre os pares, apresentação de proposituras, críticas e questionamentos. Todos esses comportamentos convergem no sentido direcional da gestão. No calor das emoções é natural desgastes, estado emocional aflorado e até trocas de farpas. Nesse contexto é primordial a postura do Líder do Governo em fazer o papel de Mediador de Conflito na busca do entendimento e soluções. Nada é pior que um Líder de Governo desequilibrado. Mediar conflitos é considerada uma das principais funções no papel do Líder de Governo.

Oposição e Situação na Câmara Municipal

No momento atual a Câmara Municipal conta com um grupo declarado como oposição ao Prefeito composto pelos vereadores Dilma da Silva Gomes (SD), Jairo Lemos Leite (SD) e Heldes Guimarães Silva (PT) que, segundo o Presidente da Câmara Municipal é o Líder desse bloco. O Vereador Evaldo Rodrigues da Silva (PTdoB) afirmou ao site Propriá News que continua com sua posição neutra, ou seja, nem oposição e nem situação.

Maturidade de Iokanaan Santana na escolha

Ao escolher Samuel Menezes como Líder do seu Governo o Prefeito Iokanaan Santana demostra amadurecimento e vontade de acertar. A Casa conta hoje com cinco vereadores experientes que se reelegeram. São eles: Erenita Moura Barboza (PRP), dois mandatos; Evaldo Rodrigues da Silva (PTdoB), dois mandatos; Heldes Guimarães Silva (PT) com dois mandatos, José Aelson dos Santos (PSD) com três mandatos e Samuel Menezes (PSC) por duas vezes. Iokanaan preferiu apostar em alguém com experiência, que seja bem visto pelos demais, que tenha poder de diálogo entre os demais vereadores com o diferencial de promover e estreitar relações, tratar de questões delicadas e atuar nos bastidores. São essas habilidades que foram visadas pelo Prefeito, além de que, o Líder do Governo fara a ponte entre Executivo e Legislativo facultado ao Prefeito mais tempo para questões administrativas e políticas.

Itabaianense de nascimento e Propriaense por adoção Samuel vem reunir condições para exercer o papel do Líder do Governo. Tem imagem leve, não é dado à discussões fúteis, está sempre fundamentado sendo um  dos vereadores com maior conhecimento da Lei Orgânica Municipal e do Regimento Interno da Casa. No Capítulo III (Da liderança Parlamentar) o Parágrafo Único relata: Na falta de indicação, considerar-se-ão líder e vice-líder, respectivamente, o primeiro e segundo Vereadores mais votado de cada bancada, nesse caso, a Vereadora Dilma da Colônia e Júnior de São Miguel.

Essa é uma análise que não expressa a opinião da sociedade, porém elaborada como objeto para entender o momento político.

Da redação
Adeval Marques
Graduado em História/Unit
DRT/SE 1773

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta