Dinheiro na conta: Prefeitura de Propriá paga funcionalismo nesta quinta (27)

0
188

A Prefeitura Municipal de Propriá começou a efetuar os pagamentos dos servidores públicos municipais nesta quinta-feira, 27/04, através das agências locais.

Segundo informações da Secretaria Municipal de Finanças, prestadas pelo Secretário Sérgio Luiz ao site Propriá News, o valor total da Folha de Pagamento líquida é da ordem de RS: 1.675.000,00 (Hum milhão, seiscentos e setenta e cinco mil reais). Com o pagamento acontecendo faltando três dias para o fechamento do mês em curso, o Prefeito Iokanaan Santana (PSB) realiza uma das mais solicitadas reivindicadas por parte da população, comerciantes, empresários e prestadores de serviços que é o pagamento em dias.

Com mais de R$ 1 milhão injetados na economia local a opinião de um comerciante do ramo de vendas, que atua nas bancas do comércio na Tavares de Lira, o pagamento em dias fortalece a economia porque mantém as vendas aquecidas, os recebimentos de pagamentos em carteira, o popular “fiado”, por parte dos clientes, vem facilitar para que os comerciante também possam pagar seus títulos aos credores de forma pontual ou antecipando o pagamento evitando juros e positivando seus históricos de compras na avaliação dos fornecedores. É tudo uma rede e por isso existe positividade da gestão.

Por parte da gestão a informação é de que o Prefeito Iokanaan Santana tem o pagamento do funcionalismo público em dias como uma das maiores prioridades da sua gestão porque entende que “o pão na mesa, o pagamento das obrigações dos impostos, farmácia e alimentação são imprescindíveis para a manutenção e equilíbrio do lar.”, informou.

Em Sergipe são poucas as prefeituras que estão efetuando o pagamento com essa mesma brevidade de antecipação mensal de Propriá. Outras não vem mantendo o Calendário de Pagamentos em dias e já há atrasos.  Prefeitura de Propriá deixa para trás prefeituras de grande porte no Estado nesse contexto.

Da redação
Adeval Marques
Com informações da Secretaria Municipal de Finanças

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta