Direção do Hospital de Propriá será afastada após repercussão negativa

0
941

A atual Superintendente do Hospital Regional de Propriá deverá ser afastada do cargo ainda no decorrer dessa semana pela Secretaria Estadual de Saúde que, deve ter tomada como uma das bases para decisão, os fatos de que médicos como Obstetra estariam faltando aos serviços deixando gestantes aos cuidados de terceiros. Gerou revolta no seio familiar.

Um outro fato é o de que um Médico Ortopedista não comunicou ao Hospital sobre sua ausência e um cidadão necessitou de assistência sendo em seguido, após primeiros cuidados, enviado à sua residência sem o atendimento qualificado. Fatos como o aparelho de Raio X danificado e outras situações também devem ter chegado ao conhecimento do Secretário Almeida Lima. É o que foi concluído.

O Hospital São Vicente de Paulo é bem equipado e recebe um grande número de pessoas de diversas cidades do Baixo São Francisco e até do Alto Sertão de Sergipe como Itabi, Porto da Folha, Nossa Senhora de Lourdes e demais lugares da região.

A chegada de Almeida Lima como Secretário Estadual de Saúde tem demonstrado que ele não é afeito às situações que demandam desatenção por parte de funcionários que exercem cargos de direção em deixar correr solta situações que demandas responsabilidade imprescindível. As situações foram ao conhecimento da imprensa via site Propriá News, RSNews e Faxaju e também do Jornalista George Magalhães.

A informação é de que o Secretário Estadual de Saúde, Almeida Lima, não tolera situações como as citadas em sua pasta.

Da redação
Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta