Câmara Municipal irá solicitar Edital da SMTT para averiguar: “Tá errado!’, disse José Aelson

0
156

A Câmara Municipal de Propriá, órgão de fiscalização das ações do Poder Executivo Municipal, pretende solicitar a Prefeitura Municipal o Edital completo que trata da Licitação de para contratação de veículo para prestar serviços ao órgão SMTT. “Está errado!”, disse o Presidente.

O Presidente da Casa, vereador José Aelson dos Santos (PSB), ao saber da publicação do Edital, com data de 03/02, publicado pelo site Propriá News, não ficou satisfeito e deixou público que o Edital, ao seu ver, está totalmente errado. Segundo relatou José Aelson ao site o documento é vago, não contempla o tipo de serviço que será prestado, nem a quantidade de veículos que se é pretendido aos serviços, bem como o tipo de veículo. Adiante ele também questionou sobre o pregoeiro afirmando que, em Propriá, existem bons pregoeiros com legitimidade e capacidade para dirimir sobre a situação. Ele frisou a senhora Sandra e o senhor Washington como técnicos e ex-pregoeiros da Prefeitura Municipal, com o agravante de que estes são funcionários efetivos da Prefeitura Municipal e que “jamais permitiram um erro como esse […]”. Por fim ele relatou, mencionando a Lei 8.666 que, se o Edital não for revisto, poderá ser passível de anulação. A Câmara Municipal vai pra cima da Prefeitura Municipal porque é um órgão fiscalizador e representante da sociedade.

A leitura do Presidente José Aelson dos Santos é simples. Em síntese o que ele pretende defender é que a gestão do Prefeito Iokanaan Santana se encontre, que seja mais atenciosa em suas ações, mais transparente, que trabalhe para facilitar a vida da população da cidade, que ao gerar tomada de concorrência pública dê espaço para que todos, independente de partidarismo, tenham oportunidade de trabalhar com dignidade.

É fato que a gestão do Prefeito Iokanaan Santana não vem conseguindo acertar e o próprio Prefeito já declarou em confidência para alguns amigos. Existe disputa de quem realmente manda enquanto líder. Parte da equipe não se encontram e erros sobre demandas básicas pipocam aqui e ali. No caso do Edital é apenas mais um, só que dessa vez a situação parece que não ficará só nos debates das redes sociais e sim pela Câmara Municipal que pretende avaliar e posteriormente emitir seu parecer.

De acordo com a página do Diário Oficial do Município o processo encontra-se aberto e foi publicado na última sexta-feira, (03/02). O processo segue até dia 17/02, às 09:30 horas, quando estarão encerradas o prazo para participar da concorrência.

A informação na integra sobre o Edital pode ser acessada clicando no endereço que fica no próprio site oficial da Prefeitura Municipal (Transparência Pública): http://propria.se.gov.br/diarioOficial/download/946/742/0

Da redação
Adeval Marques
Com informações da Diário Oficial

 

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta