FPI/SE flagra três captações irregulares de água para abastecer grandes reservatórios em fazendas de Canhoba

0
79

Canhoba/SE – No sertão sergipano, enquanto a população sofre com a seca e precisa tanto de água, em três fazendas a FPI flagrou captação ilegal no riacho Cancelo. A água era utilizada para abastecer grandes reservatórios de uso particular no município de Canhobas. Para captar água de riacho é necessário autorização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh). O município fica a aproximadamente de 100km de Aracaju.

Na fazenda Chanchão, técnicos da Adema e da Semarh desligaram uma bomba que retirava água do riacho para formar um grande tanque. Na fazenda Vinagre, a promotora de Justiça Rosane Gonçalves, que acompanhou a fiscalização, verificou que o proprietário usou sedimentos encontrados na área para barrar e elevar o nível do riacho a fim de facilitar a captação da água. Na fazenda Pocinhos havia duas bombas, movidas à energia elétrica, que abasteciam dois imensos reservatórios. Nesse caso, de acordo com o responsável pela propriedade, os tanques eram usados para criação de peixes.

As três fazendas não possuem outorgas emitidas, em análise ou declaração de uso insignificante. Por isso, a Semarh advertiu os responsáveis e deu prazo para que a situação seja regularizada.

“As captações irregulares de água agravam a crise hídrica, visto que diminuem a vazão do riacho para que os fazendeiros armazenem água em tanques particulares”, explica a promotora Rosane Gonçalves.

Assessoria de Comunicação – FPI

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta