Atraso: pagamento dos funcionários do Lulão pode sair na terça (22/11)

0
87

informação é de que ao todo são cerca de cinquenta funcionários nessa condição de atraso

Um pequeno grupo de funcionários da empresa Luiz Inácio Lula da Silva, encarregada pela construção do Conjunto Habitacional conhecido por Lulão, informaram à redação do site Propriá News que estão sem receber seus salários há quase três meses. “Tem quase cinquenta dias de atraso […]”, disseram.

Segundo os funcionários o valor do salário é de R$ 820,00 reais já com os descontos, totalizando R$ 1.640 reais. “A empresa diz que temos que bater a meta para receber os salários […]”. Tem amigo nosso aqui do Estado da Bahia, somos pai de família e precisamos pagar nossas contas como aluguel, água, luz[…]”, afirmou um dos funcionários que se diz desmotivado. Não é a primeira vez que acontece.

Desde o início da obra já são quatro empresas que administram os serviços, disse um funcionário que espera a regularização da situação ou até a paralisação dos trabalhos. “A empresa disse que quem quiser sair tem que pedir”, desabafou o funcionário.

Atenciosa a direção da obra, na pessoa de Wellington Teixeira conhecido como Chocante, informou que a empresa prima por manter os salários em dias, porém, os repasses do Governo Federal vêm atrasando e quanto as medições existe um tempo hábil para que seja enviado à Caixa Economica Federal e Brasília e que só assim é liberado o recurso. “Já negociamos com os funcionários as parcelas em atraso e, acreditamos, na próxima terça-feira (22/11), o pagamento será fetuado.”, informou Wellington ao site Propriá News via telefone.

Da redação
Adeval Marques
Com informações de funcionários

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta