Vereadora Branca Enfermeira dá exemplo de trabalho na Câmara Municipal de Propriá

0
215

Com apenas 19 dias no mandato de Presidente da Câmara Municipal de Propriá a Vereadora Erenita Moura Barboza (PRP), mais conhecida por “Branca Enfermeira”, vem mostrando habilidade e competência na condução dos trabalhos legislativos e administrativos da Casa de leis. Já tomou decisões importantes como corte de gastos.

Historicamente Branca Enfermeira é a primeira mulher que tome posse como Presidente da Câmara Municipal de Propriá. Desde que foi notificada pela Justiça para assumir o cargo no lugar do Vereador José Aelson dos Santos, “Aelson Publicidade”, fato ocorrido no dia 26/08 onde Aelson foi afastado pela Justiça, que Branca já presidiu cinco sessões ordinárias e vem se debruçando na administração. Ela afirma que quer entregar tudo certinho e cumprir a missão que a Justiça de lhe deu.

A Justiça concedeu um prazo de quinze dias para ela enquanto Presidente. Após vencido esse tempo ela terá que convocar nova eleição através de formação de chapa onde será definido, através de voto dos vereadores, o novo ou nova Presidente. Branca pretende fazer tudo de forma correta e transparente prestando um grande serviço à Justiça e sociedade.

O que vem a ser importante no decorrer do curso do trabalho da Vereadora Branca Enfermeira na Presidência é que ela entrou com afinco e disposição para se inteirar sobre as “situações” e da “complexidade” existentes na Casa resolvendo tudo, ou ao menos que for possível para quando a nova gestão vier. Ao tomar posse no dia 29/08, para entender a situação, Branca convocou uma espécie de Auditoria através de empresa e também de advogado que lhe forneceu todas as informações necessárias para ela saber agir sem correr riscos desnecessários. Hoje ela domina com propriedade o real quadro em que se encontra a Câmara Municipal de Propriá.

No quadro legislativo ela vem administrando de acordo com as ocorrências naturais do processo, ou seja, as sessões ordinárias são abertas e discutidas as questões que estão na pauta. Segue tudo normal e, segundo o Vereador Jurandy Sandes, um dos mais experientes da Casa e já no seu terceiro mandato, a avaliação dele é de que a Vereadora vem saindo-se bem e de forma tranquila. Existe harmonia entre os pares.

Como finalização da avaliação em relação ao trabalho da Vereadora como Presidente o que se pode afirma é que ela é uma pessoa organizada, responsável e tem personalidade própria, ou seja, não se deixa manipular e tem boas intenções. Sendo a primeira mulher a administrar a Câmara Municipal de Propriá, onde o histórico foi sempre o de homens como presidentes, Branca Enfermeira vem honrar o Legislativo Municipal por sua postura nesses tempos em que, mesmo a mulher obtendo espaços e direitos na sociedade, ainda é muito discriminada pela classe masculina e setores conservadores que precisam ser extirpados de vez.

Da redação
Adeval Marques
Graduado em História/Unit
DRT-1773

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta