Denúncia de material deixado pela Codevasf chegará ao Ministério Público de Propriá: Prefeito Américo tenta agir

0
217

Uma situação que vem chamando a atenção da população nas imediações da saída de Propriá, no trecho da região da estrada da Sementeira, sentido Município de Telha, é o serviço executado pela Codevasf que abriu uma vala na pista para colocação de canos de água e após o término da obra a limpeza não foi feita.

No último domingo, 28/08, o site Propriá News fez um levantamento nas imediações constatando que ocorreram mais de quatro quedas ou derrapagem envolvendo pilotos de motos. Por pouco não houve vitimas fatais.

No relato colhido obteve-se a informação de que o material deixado, em plena pista que é muito movimentada, é barro e piçarra. Para remoção do material que oferece risco de acidente bastaria apenas uma hora de serviço. Não se entende porque a Codevasf não fez a remoção do material e a denúncia já foi providenciada para chegar ao conhecimento do Ministério Público.

“Toda responsabilidade é da Codevasf que fez o serviço e não retirou material da estrada. Isso é uma questão para a justiça resolver. Será que vai ter que morrer alguém aqui para a Codevaf retirar a piçarra da pista.”, disse indignado um usuário constante do loca.

Posição do Prefeito Américo Lima 

Ao saber da situação das quedas e acidentes com os motociclistas o Prefeito Américo Lima informou que não tinha conhecimento e que, na condição de Prefeito, entrará em contato com a direção da Codevasf no sentido de solicitar a remoção do material para que não haja mais ocorrências de quedas dos condutores de veículos no local. O Prefeito Américo disse que acredita na resolução do problema pela Codevasf sem que seja preciso a intervenção da Justiça. Agiu imediatamente ao saber.

Não conseguimos contatos com a Codevasf que pode nos contactar pelos telefones: (79)-9-9611-0074 e whatsapp: (79)-9-98810-9685.

Da redação

Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA