Propriá: Plano de Governo de Paulo Dantas e Ninha da Feira

0
217

Confira o Plano de Governo de Paulo Dantas e Ninha da Feira.

Adeval Marques
Redator

Apresentação das Propostas de Governo de Paulo Dantas e Ninha da Feira Plano de Governo 2017/2020 – Unidos por amor a Propriá (DEM/PSDB/PSD/PRB/PRP/PSC/PSL/PR/PMN)

SAÚDE

Valorização e ampliação no número dos profissionais de saúde, com investimento em infraestrutura e equipamentos, para um melhor e eficiente atendimento nos postos de saúde e no Centro de Especialidades, garantindo a nossa população um maior acesso à atenção básica e especializada, garantindo prevenção de doenças e acompanhamento àqueles que já se encontrem acometidos com alguma enfermidade, principalmente, a população mais necessitada e vulnerável, como a gestante, os idosos e as crianças;

– Criação de uma casa de apoio na cidade de Aracaju para os cidadãos propriaenses que forem realizar tratamento na Capital, para garantia de assistência e amparo àqueles que precisam se deslocar de seus domicílios em busca de tratamento;

  • Além da casa de apoio, será garantido amparo aos necessitados de TFD (tratamento fora de domicílio), principalmente aqueles acometidos com doenças crônicas e câncer;  Para combate a diversas doenças, promoverão o saneamento básico nos locais que ainda faltam, fechando os esgotos a céu aberto nas localidades que mais necessitam, bem como dando uma destinação correta dos dejetos, com implementação do esgotamento sanitário em todo município de Propriá, na zona rural e urbana;
  • Implementação de estações de tratamento do esgoto para evitar que os dejetos sejam jogados no Rio São Francisco, provedor do abastecimento de água da cidade de Propriá, o que garantirá uma melhor qualidade desse liquido essencial à vida;  Na guerra contra o aedes aegipty, transmissor da zika, da chikungunya e da dengue, será criado um setor próprio na Secretaria de Saúde que concentrará suas atenções no combate a essas endemias através de campanhas educativas e medidas efetivas;
  • Fortalecimento da rede de saúde mental, com ênfase no enfrentamento da dependência de crack e outras drogas;  Garantia à assistência farmacêutica no âmbito do SUS, para que a população ao buscar seu remédio, o tenha garantido prontamente.
  • EDUCAÇÃO
  •  A educação é uma arma poderosa na construção do cidadão, nesse sentido, buscará a ampliação da educação integral através de escolas em tempo integral, contra turno ou via expansão da carga horária dos alunos, com uma forte articulação com as áreas do esporte, ciência e cultura;  Garantir que todas as crianças portadoras de necessidades especiais possam frequentar as creches e escolas municipais, adaptando­as aos anseios e necessidades daquelas que precisam de uma maior atenção do município;  Ampliação do número de creches na área urbana e rural, com atendimento em tempo integral, garantindo alimentação, estudo e desenvolvimento às crianças do nosso município;  Reformar e ampliar a Escola Municipal Monsenhor José Soares;  Garantir que todas as escolas disponham de bibliotecas informatizadas, afiançando às crianças acesso à informação;
  • Garantir que todas as escolas municipais disponham de quadras poliesportivas nas áreas disponíveis;  Fomentar a pesquisa como fortalecimento para a educação da juventude;
  • Implantar sala de informática na Escola Municipal Padre Luiz Henrique e na Escola Municipal Dom José Brandão de Castro;
  • Investir nas capacitações e treinamentos dos profissionais envolvidos no processo educacional;  Fortalecer o uso de tecnologia nas escolas municipais, firmando mais parcerias com o MEC e FNDE;
  • Criação das Olimpíadas do Conhecimento, premiando os melhores alunos e os professores mais atuantes da rede;
  • Política de incentivo ao desempenho escolar;
  • Manter a política de valorização profissional através da atualização anual do Piso Salarial Nacional;
  • Assegurar o acesso à educação especializada aos educandos com necessidades educacionais especiais;  Implantar a gestão democrática nas instituições de ensino do município, dando voz a todos que participam da comunidade escolar – gestores, professores, cooperadores, alunos e pais. TURISMO E CULTURA
  • Colocar a cidade de Propriá como destino turístico de Sergipe, promovendo a cidade nacional e internacionalmente, principalmente, com a Festa de Bom Jesus dos Navegantes, tradicional atração turística local;
  • Criação do Museu Interativo do Velho Chico, através de uma parceria público­privada, incentivando o turismo local através da história de Propriá como cidade ribeirinha;  Apoio ao segmento artístico do município;
  • Estruturar e ordenar o turismo local e regional, uma vez ser Propriá estrategicamente situada entre o Estado de Sergipe e Alagoas, com belezas naturais e culturais impares;  Fomentar a rede hoteleira, para garantir ao turista uma estadia confortável em nossa cidade;  Qualificar os produtos turísticos do município e da região;
  • Revitalizar o Encontro Cultural, promovendo concursos de poesias, música, fotografia e pintura;  Apoiar a realização do MotoFest, atraindo os amantes motociclistas para nossa cidade.
  • ESPORTE E LAZER
  • Apoiar os times de futebol amador e profissional do município;  Realizar Campeonato de Futebol e Campeonato de Futsal intramunicipal;  Aumentar a participação de crianças e adolescentes na prática esportiva, através de reforma das praças e com incentivo esportivo nas escolas;  Criar as Olimpíadas e paraolimpíadas Propriaense das Escolas Municipais;
  • Assegurar ampla participação dos portadores de necessidades especiais e garantir equipamentos adequados;
  • Integrar a atividade física com ações de saúde da família e em grupos específicos (idosos, diabéticos e outros) e estimular o empreendedorismo nas áreas de atividade física, saúde e esporte;
  • Apoio para atrair a nossa cidade eventos esportivos de níveis regional e nacional;  Apoio às entidades desportivas oficialmente instituídas e orgânicas;
  • Criar a caravana do esporte para as comunidades, os bairros e zona rural de Propriá. JUVENTUDE
  • Construção do Espaço Jovem, localizado em praça pública com internet grátis e atividades culturais constantes;  Criar o Conselho Municipal da Juventude (CMJ), criando uma comunicação direta ente o município e os jovens;
  • Proporcionar acesso gratuito a internet em logradouros públicos;  Promover a saúde do jovem através da Secretaria Municipal de Saúde, principalmente, prevenindo sobre os riscos das drogas e das consequências destas;
  • Criação de um projeto que incentive aos empresários locais a contratar os recém ­formados para trabalharem em suas empresas, tendo assim algum incentivo fiscal.
  • ASSISTÊNCIA SOCIAL
  • Promover efetivamente a inclusão social da população em situação de risco, vulnerabilidade e pobreza articulando as competências municipais, estaduais e federais cujo foco seja a erradicação da miserabilidade e da pobreza;
  • Estabelecer articulação com a rede não governamental de assistência social e com as outras políticas sociais da Prefeitura, em especial as de saúde, educação, trabalho e segurança pública, para responder com efetividade à diversidade das necessidades, numa discussão integrada e multidisciplinar;
  • Capacitar os atores da política pública de assistência social, a fim de se assegurar a melhoria da gestão, considerando­se todas as instâncias do sistema descentralizado e participativo, bem como as realidades regionais e locais;
  • Cofinanciar o aprimoramento da gestão, os serviços, os programas e os projetos de assistência social em âmbito local;  Fortalecer os conselhos, as conferências e os fóruns de assistência social como espaços de democratização, negociação de consensos e de gestão compartilhada;
  • Estabelecer parcerias com clínicas de reabilitação de dependentes químicos;  Promover mecanismos efetivos de reinserção social para a população jovem de áreas carentes;  Manter e ampliar o programa Bolsa Propriá pagando, rigorosamente, até o quinto dia útil de cada mês. HABITAÇÃO 
  • Priorizar a construção de moradias para população com renda familiar de até três salários mínimos;
  • Ampliar e acelerar o processo de regularização fundiária das ocupações irregulares e áreas de risco, mediante implantação de políticas de urbanização e legalização das áreas ocupadas, por meio de gestão democrática e participativa;
  • Disponibilizar assessoria técnica e jurídica para desenvolver projetos, acompanhar obras e desburocratizar processos em parceria com a sociedade civil;
  • Implementar política pública para a habitação visando garantir o direito à moradia, respeitando as prioridades e situações de emergência, com participação popular e transparência. AGRICULTURA, MEIO AMBIENTE E PESCA
  • Ampliar as áreas verdes do município;
  • Fortalecer a piscicultura e a rizicultura;
  • Implantar hortas comunitárias orgânicas, para se estabelecer, assim, a parceria entre o município para aquisição da produção dos pequenos agricultores;
  • Estimular o uso de produtos orgânicos na merenda escolar e em outros programas de abastecimento, buscando os fornecedores regionais mais próximos, cumprindo com a legislação da aquisição mínima de 30% (trinta por cento) de alimentos provenientes da agricultura familiar destinado a merenda escolar;
  • Promover a coleta seletiva de lixo;  Adquirir produtos do Compra Direta da Agricultura Familiar (CDAF), através do Programa da Aquisição de Alimentos (PAA);
  • Cadastrar os agricultores familiares de produção orgânica;
  • Promover capacitação profissional para agricultores e rizicultores;
  • Ampliar e fomentar a feira da agricultura familiar;
  • Implantação do SIM (Selo de inspeção municipal) para todos os produtos produzidos no município e fiscalizados, garantindo aos produtores uma ampliação do comércio de seus produtos;  Construção do abatedouro público municipal;
  • Implantação do Programa Pescador Consciente, garantindo uma pesca sustentável e um equilíbrio entre a natureza e o homem;
  • Mapear áreas públicas baldias e desenvolver plano de uso dandolhes função social e com a participação dos moradores do local;
  • Apoiar inovações técnicas na captação e uso das águas de chuva;
  • Implementar uma estratégia de desenvolvimento integrado sustentável local e regional que contemple, dentre outros, uma política efetiva de saneamento ambiental, incentivos a construções sustentáveis, ao consumo racional de energias e uso de energias renováveis;
  • Mobilizar a cidadania para, em conjunto com a prefeitura, definir políticas articuladas de água, esgoto, áreas verdes, drenagem e resíduos sólidos.
  • MULHERES
  • Garantir o combate às desigualdades entre homens e mulheres como condição do desenvolvimento do município
  • Garantir a participação, o atendimento, o respeito e o direito pleno a todas as mulheres de Propriá, observando as diferenças étnicoraciais, geracional, ou de qualquer outra natureza;
  • Desenvolver políticas de valorização da mulher em toda sua diversidade e contribuir para o avanço da inclusão das mulheres em todos os espaços
  • Criar uma rede de atendimento as mulheres vítimas de violência doméstica e abusos sexuais. MOBILIZAÇÃO URBANA INFRAESTRUTURA E ACESSIBILIDADE
  • Pavimentação com base em asfalto das ruas da Linha, da Palma e do Beco da Solidão.  Garantia de acessibilidade e locomoção àqueles que possuam necessidades especiais;  Instalação de semáforos nos cruzamento das Avenidas Arthur Melo e Dom José Thomaz (FEIRINHA);  Sistema de Moto táxi – Criação das CPS – Central Prestadora de Serviços ­ em forma de toldo em locais pré­determinados;
  • Transporte alternativo dentro da cidade (táxi);
  • Ter um trabalho contínuo acerca da educação no trânsito dentro da Rede Municipal de Ensino; Campanhas mensais de educação no trânsito;
  • Estabelecer orientadores de trânsito, observando o que determina a Lei Municipal n. 626/2012;
  • Monitoramento do centro comercial e das principais vias da cidade;
  • Calçadão parcial da feira; Criar o sistema de estacionamento rotativo.
  • INDÚSTRIA E COMÉRCIO
  • Fortalecer e incentivar o empreendimento econômico e solidário, como forma de fortalecer os micros e pequenos negócios informais, rurais e urbanos, existentes no município;  Captar novas indústrias para o município de Propriá;
  • Construção de gasoduto;
  • Fortalecer o comércio local;
  • Manter equipe de agentes de desenvolvimento e elaborar projetos de financiamentos para empreendedor individual com encaminhamento as instituições financeiras
  • Buscar junto ao Governo do Estado Revitalização do Distrito Industrial buscando a implantação de indústria
  • Construção de Galpões para empreendedores locais e micro empresários com espaços para exposição de suas produções; MODERNIZAÇÃO DA GESTÃO
  • Criação do Centro Administrativo Municipal;
  • Criação da ouvidoria pública municipal, através da criação do programa “FALA CIDADÃO”;
  • Fornecer serviços online aos contribuintes. (IPTU, Certidões Negativas, NFSe, entre outros);
  • Atualização dos planos de cargos, carreiras e remuneração da Educação e da Saúde;  Atualização do Estatuto do Servidor;
  • Atualização da Lei Orgânica Municipal;
  • Realização de Concurso Público.

Fotos de Paulo Dantas: TSE
Foto de Paulo e Ninha: Rômulo Fotógrafo
Montagem: Adeval Marques (RSNews e Propriá News)

Fonte: TSE
Link: http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta