Renatinho: entre dilemas e decisões

0
473

Renatinho Brandão (PMDB), ex-prefeito da cidade de Propriá, pode esta vivendo um dos maiores dilemas de sua vida política. Na articulação que pensa qual o melhor pré-candidato para disputar com a pré-candidata Ninha da Feira (PSDB) o nome de Valberto (SD) foi o preferido para ser o Majoritário. As orientações são de Aracaju, cabendo então à Renato Brandão indicar o vice. Não é o que aconteceu e Renato não aceitou.

Jackson Barreto, Renatinho e Valberto, segundo informações do próprio núcleo de articulação ao site Propriá News, afirmou que houve conversa particular cogitando-se a possibilidade de Paulo Campos (PMDB) figurar na chapa, como vice de Valberto. No resultado a informação de que há impasses nas decisões… Renato não vê a chegada de Valberto com tanta força e expressão política para disputar as eleições de Prefeito de Propriá e sim Paulo Campos como o Majoritário.

O site Propriá News, informado pelo Vereador Fernandinho Britto (PDT), obteve a informação de que, na Convenção Partidária, marcada para dia 03/08, todas as respostas serão dadas e que até lá, o que surgir de forma não oficial, é pura especulação, inclusive desmentindo conversas de “redes sociais” e até de imprensa na região sobre “fechamento” de chapas e qualificou como “infeliz” tais atitudes. Fernandinho afirmou reiterando que manterá ao site novas informações sobre os acontecimentos. Entretanto, podemos que, análises podem ser feitas, já que há silêncio.

Renatinho foi colocado na geladeira?

Há quem analise e sustente que, pelo nome que Renatinho já teve enquanto liderança política, a situação atual soa como ingratidão se acaso Valberto vir a ser colocado por Jackson Barreto, já que ela têm história política desde Marcelo Dedá e por isso méritos para fazer a indicação de Paulo Campos. Reveses da vida… Renatinho foi colocado na geladeira?

Dentro de outras óticas, das quais várias correntes de pensamentos locais se dividem em entender o momento, alguns apontam que o nome e imagem política de Renatinho vêm caindo em desprestigio já sendo apontadas por pesquisas que foram ou estariam sendo feitas cujos dados é do conhecimento do Governador Jackson Barreto […]. São análises e questionamentos que permeiam diante do atual momento político em Propriá. Porém, a sociedade, livre pensadora, não é impedida de questionar.

Na verdade, os próximos passos são decisivos e por isso há silêncio no entorno das informações. Quais as “correntes” que estariam por trás para a derrocada de José Renato Brandão? Por quais motivos? Renato também foi injusto com seu grupo? Quando recebeu cargos do Estado, os deu à outros que nunca foram do seu convívio que tanto trabalharam para sua imagem e nome político? Foi cheio de si mesmo? Só Renatinho poderá dizer. O que ele tem à dizer?

É o chamado “jogo da política”. Como num jogo de Xadrex, onde as pedras, se mal posicionadas podem colocar tudo a perder, a momento político é de muita reflexão. Ao menos os que fazem a parte de Comunicação do “projeto Valberto e Paulo Campos” poderiam dizer algo, por menor que fosse, para conforto e transparência à luz da informação à sociedade, afinal Propriá tem hoje uma grande imprensa de rádio e site. Nesse quesito Ninha da Feira (PSBD) já sai na frente porque tem sido transparente em prestar conhecimento sobre seu processo de pré-candidata.

No projeto que tem Valberto como pré-candidato, Renatinho seria apenas como uma mera figura ilustrativa com apoio? Seria Decorativo? O pouco da sua imagem e influência dele estariam sendo usadas em detrimento de eleger Valberto? Renato está sendo injustiçado? Quem estaria por trás e com quais objetivos? Se não for Paulo Campos o indicado, quem poderá ser?

Respostas que só Renatinho poderá esclarecer e assim evitar especulações e transparecer, ao invés de escondê-las.

Adeval Marques

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta