“Novos projetos culturais em Propriá” “Domingo Cultural”

0
209

As tardes de domingo em Propriá, não têm sido muita atrativas em relação a lazer. Dispondo de um ambiente, onde pessoas se encontrem para conversar e se divertir entre família e amigos, principalmente na rua da frente, às margens do Rio São Francisco, e aliás é uma paisagem ímpar, que sempre nos traz a sensação de liberdade e tranquilidade. Contemplar nos causa uma sensação de paz!

Partindo desse ponto, dois jovens amigos e parceiros ideológicos, decidem tentar mudar o cenário das tardes de domingo na cidade, principalmente na orla ribeirinha.

Ainda nos ensaios da banda Ecoalize, surge também mais um projeto ousado. Na busca incessante de fomentar práticas culturais, proporcionando bons momentos entre jovens, famílias e amigos. Os brothers, Flávio Luiz e Helder Júnior, idealizaram o “Domingo Cultural”, sua primeira edição foi no dia 20/12/2015. A princípio acontecia quinzenalmente, possibilitando sempre novas parcerias e apresentações de grupos musicais e culturais. Pois esse projeto não é exclusivo para apresentações da banda Ecoalize, e sim para qualquer artista que queira mostrar um pouco do seu trabalho, tendo a consciência que o projeto é “sem fins lucrativos” e os equipamentos disponíveis não tem tantos recursos tecnológicos, uma vez que tudo é feito com caixas amplificadas espalhadas pelo chão, e o palco, é uma base de concreto no centro do local. Tudo sempre foi feito na ousadia, com muita raça e amor à  música e a cultura. Desde então, cinco edições aconteceram, sendo que três foram no calçadão da Avenida Perfeito Nelson Melo, mas sempre contando com a vantajosa paisagem do rio.

A presença de famílias e pessoas de todas as idades no evento, sempre traz um clima super agradável de tranquilidade.

Alguns parceiros e amigos têm visto com bons olhos o projeto inovador, apartir daí vem acontecendo a soma de valores culturais.

O “Domingo Cultural” já contou com as participações de: DJ Marco Lima, que é um parceiro desde a primeira edição; a banda da cidade de Tobias Barreto “Tio Pecos”, que fizeram uma belíssima apresentação; Eduardo Lima da banda ” Os Bakanas do Nordeste” e o Grupo de Capoeira Ginga Popular, supervisionado pelo Mestre Carlinhos (Curisco), que fez uma abetura sensacional no segundo “domingo cultural”.

Essa iniciativa dos jovens, Flávio e Helder Júnior, conquistou alguns simpatizantes, que abraçaram o projeto de imediato, exemplo disso é o Grupo História da Música, que apoia e incentiva sempre esse projeto do bem.

Ainda assim, surgiram algumas dificuldades, como também a falta de artistas para se apresentar no evento,    sendo assim, o projeto passou a ser mensal. E a última edição, foi no domingo de Páscoa do corrente ano. Mas não acaba aí!

Muitas novidades estão por vir, inclusive na parte estrutural do evento, pela proporção que tomou e a visibilidade que tem hoje, não dá pra fazer de qualquer jeito. “E posso garantir que esse pojeto inovador dará bons frutos e fortalecerá nossas práticas culturais”.

“O resgate cultural”

Surgiu do impedimento da realização de uma das edições do domingo cultural. Que  seria no domingo da festa de Bom Jesus na cidade.

Através de ofício, foi solicitado a liberação do mirante da orla para a realização do evento. Mas foi negado o referido ofício, com a justificativa de que haveria outro evento no local. Com isso, em mais uma atitude de ousadia e raça, a banda Ecoalize opta por realizar o primeiro “Resgate Cultural”, no sábado da festa.

Com um som de qualidade e o palco improvisado com “palete”, o show começou por vota das 17:00h e se estendeu até às 21:00h. Reuniu um público variado e considerável.

Foi muito bom!

Sendo assim, ficou a promessa de concretizar o “Resgate Cultural”, sempre no sábado da festa de Bom Jesus, com a intenção de fomentar o resgate do “Encontro Cultural” que outrora movimentou a cidade de Propriá.

Administrador do G.H.M

Renison Felix Alves (Colunista)

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta