Lixo no antigo Hotel Florelisa: Questão de educação da população

0
350

 ixo no antigo Hotel Florelisa: Questão de educação da população

Quem passa pela lateral do antigo Hotel Florelisa, Rua de Capela, depara-se com um dos prédios históricos mais belos da cidade. É o Hotel Florelisa, junção dos dois nomes das irmãs Flora e Elisa.

Como se já não bastasse seu estado físico em ruínas, já deveria ter sido tombado, sua lateral vem servindo para acumulo de lixo por parte de alguns poucos populares.

Com fotos enviadas via whatsapp um dos moradores das vizinhanças afirmou que vem sendo incomodado pelo lixo que ali é deixado nos finais de semana e até em dias normas. Ele afirmou que a coleta do lixo não é das melhores, entretanto, regular e que nos finais de semana daria para fazer um pequeno esforço e guardar o lixo em casa até a chegada da segunda-feira quando o recolhimento inicia.

A reclamação de alguns deve-se ao fato do lixo exalar mal cheiro, atrair ratos, cães e gatos. Sem contar que alguns catadores ou mendigos passam revirando os entulhos rasgando as bolsas e deixando tudo exposto contribuindo para a imagem de sujeira e cidade de povo sem educação. Reclamou o morador.

“Peço que publique as fotos sem me identificar para que as autoridades tomem providências e nossos vizinhos sejam mais conscientes. Não quero acreditar que isso seja uma forma de protesto contra a administração. Acho que não deve ser assim […].”, relatou ao site Propriá News via telefone e fotos do whatsapp.

Análise

Visivelmente a cidade de Propriá é hoje uma das mais sujas do Estado de Sergipe, entretanto, em várias situações a questão é nítida por parte de populares sem educação ao jogarem o lixo nas ruas e determinados pontos. Se o serviço é precário por parte das Prefeitura o que a população pode fazer é ajudar a melhorar. A noção de higiene e amor pela imagem da terra em que vivem está em jogo, o que torna-se lamentável do ponto de vista do turismo.

 Da redação

Adeval Marques
Fonte: Propriá News

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta