PROPRIÁ: R$ 50 MIL REAIS PARA A CULTURA. PRECISA SER MAIS CLARA

0
165

“A Prefeitura Municipal precisa ser mais clara quanto ao empenho e sua finalidade. A Câmara Muncipal tem que ser mais atuante [..]”, disse o cidadão

Consta no site do TCE-Tribunal de Contas do Estado de Sergipe o processo de Empenho datado de 15 de janeiro de 2016 no valor de R$ 50 mil reais em favor do Programa: “incentivo a cultura e a promoção da qualidade de… Projeto ou Atividade: “incentivo a manifestação culturais e artísticas.”.

Segundo a descrição contida no Empenho referenda a despesa para “Apresentação artística”, “Prestação de serviços”. O número do Contrato é: 12/2016 e está em processo de “Inexibilidade de Licitação”.

Desde fevereiro de 2016 que a situação vem sendo monitorada por um cidadão ligado a área da cultura que questionou o valor afirmando: “É inacreditável ver Propriá sem nenhuma manifestação cultural que explique esse valor! Somos uma cidade com longo histórico de cultura que vem, ao longo das gestões municipais, soterrando a nossa Cultura local justamente por afirmar que não há verba para incentivar bons trabalhos, apresentações, pesquisas ou manter vivo simplesmente o nosso folclore de Propriá. Propriá é uma cidade que tem suas manifestações culturais desvalorizadas e podemos citar diversos exemplos. Quando eu vi o valor fiquei abismado, más, decide aguardar para ver onde seria aplicado. Estou monitorando até ver onde a situação vai dar e um advogado está me orientando sobre a situação. O que eu lamento é que esse valor poderia ser destinado para o fomento de trabalhos culturais nas Escolas e outros incentivos […].”, relatou.

Há poucos dias o GHM: Grupo História da Música fez um brilhante trabalho ao apresentar cantores locais e de outras lugares em plena espaço aberto na Quintino Bocaiúva. Na análise de muitos populares o GHM provocou a reflexão de que é preciso resgatar fazer com que a cidade invista nas manifestações culturais e artísticas da terra sem que custe tanto aos cofres públicos. A Prefeitura Municipal ajudou, entretanto, acredita-se que o evento só foi possível devido aos colaboradores que ajudaram para a realização. Embora válido a Prefeitura fez o mínimo. É a leitura do site.

Os R$ 50 mil reais empenhados pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria Municipal de Cultura, é mais um fato que não condiz com a realidade propagada de que o Município está em crise. Propriá é uma cidade triste e sem lazer. Bem diferente de tempos atrás quando a cidade tinha atrações com boas apresentações nos finais de semana, incentivando e valorizando os artistas locais.

Entramos em contato via whatsapp com o Secretário da Cultura, Poeta Rossi Mágne. Não tivemos êxito. Entretanto após a publicação nos ligou afirmando que não tem conhecimento da situação. É justificado porque o empenho foi feito antes da posse de Rossi na Secretaria de Cultura.

Da redação

Adeval Marques

Com denúncia do cidadão M.P.S.B.

Copie o link abaixo em seu navegador para acessar a informação na página do TCE:
https://www.tce.se.gov.br/portaldatransparencia/EmpenhoLista.aspx?Ini=01%2f01&Fim=31%2f03&Num=&Min=&Max=&Org=&UO=&Reg=&Fun=&SubF=&Prg=&GD=&Mod=&PA=&CE=&ED=&SED=&FR=&CPFCNPJ=&EspD=

Zap - Propriá News

SEM COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta